Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Europa fecham em queda com setor bancário

As principais bolsas europeias terminaram em queda, pressionadas principalmente pelo declínio nas ações do setor bancário. O índice de ações pan-europeu Dow Jones Stoxx 600 caiu 2,61%, para 186,23 pontos.

Agência Estado |

Em termos de mercados locais, o índice FT-100 recuou 71,86 pontos, ou 1,73%, e fechou com 4.077,78 pontos; em Paris, o índice CAC-40 perdeu 43,87 pontos, ou 1,48%, e fechou com 2.930,05 pontos; em Frankfurt, o índice DAX-30 teve queda de 67,31 pontos, ou 1,55%, e fechou com 4.271,04 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 caiu 217 pontos, ou 2,57%, e fechou com 8.233,40 pontos; em Milão, o índice S&P/MIB recuou 414 pontos, ou 2,20%, e fechou com 18.385 pontos; em Lisboa, o índice PSI-20 teve declínio de 100,40 pontos, ou 1,56%, e fechou com 6.337,79 pontos.

De acordo com David Evans, da BetOnMarkets.com, "os participantes do mercado estão voltando ao estado normal de aversão ao risco conforme as más notícias chegam aos investidores".

James Hughes, da CMC Markets, acrescentou que, entre os bancos, a pressão é decorrente dos receios de que os planos para criar o chamado "banco ruim" (bad bank) para comprar os ativos tóxicos das instituições financeiras e o pacote de estímulo do presidente dos EUA, Barack Obama, podem demorar mais do que o esperado para passar no Congresso, disseram operadores.

Em Londres, o Barclays recuou 10,56% depois de a agência de classificação Moody's ter diminuído a nota (rating) de crédito a longo prazo do banco. Em Paris, o BNP Paribas terminou em queda de 8,71%, o Credit Agricole caiu 6,50% e o Société Générale perdeu 5,92%.

Em Frankfurt, a preocupação com os planos do "banco ruim" da Alemanha contribuiu também para o declínio nas ações das instituições financeiras. O Deutsche Bank caiu 6,55%, o Commerzbank recuou 5,77% e o Deutsche Postbank teve queda para 4,70%.

Em outros setores, as ações da mineradora Rio Tinto subiram 6,64%, em meio a notícias de que a Chinalco pode investir ou comprar ativos da mineradora anglo-australiana. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG