Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Europa fecham em queda com petroleiras

As principais bolsas europeias fecharam com queda pela quarta sessão consecutiva, pressionadas pelas petroleiras, cujas ações reagiram a um novo tombo nos preços da energia. O barril do petróleo chegou a ser negociado por menos de US$ 37 na Bolsa Mercantil de Nova York hoje, uma queda de quase 8%.

Agência Estado |

Na Bolsa de Madri, as ações da Repsol caíram 3,22%, enquanto em Londres as da British Petroleum cederam 1,93%, estendendo as perdas de sexta-feira. Em Milão, os papéis da ENI recuaram 2,34%. Em Paris, os da Total perderam 1,23%.

As ações de mineradoras também estiveram sob pressão, com os investidores à espera do balanço da Alcoa hoje, após o fechamento das bolsas nos EUA. Na semana passada, a companhia anunciou novos cortes na força de trabalho, fechamento de mais fábricas e redução de 50% nos investimentos.

Em Londres, índice FTSE-100 fechou com queda de 22,35 pontos, ou 0,50%, a 4.426,19 pontos. Entre as mineradoras, Anglo American perdeu 2,62%; BHP Billiton cedeu 3,27% e Xstrata teve baixa de 1,09%. No setor financeiro, os papéis do Lloyds TSB e do HBOS subiram 7,00% e 5,40%, respectivamente, após anúncio de que o Tesouro britânico irá assumir uma participação de 43,4% no grupo bancário formado pela fusão de ambos.

Na Bolsa de Paris, o CAC-40 perdeu 53,38 pontos, ou 1,62%, a 3.246,12 pontos. As ações da Peugeot Citroën subiram 5,4% depois que o Credit Suisse aumentou a nota da companhia para "outperform" (acima do mercado), de "underperform" (abaixo do mercado). O Goldman Sachs também elevou a classificação da empresa para "neutro", de "venda".

Em Frankfurt, o índice DAX teve queda de 64,27 pontos, ou 1,34%, a 4.719,62 pontos. As ações da energética RWE caíram 2,74% depois que a companhia anunciou a compra da holandesa Essent por 9,3 bilhões de euros. Volkswagen recuou 8,40% com realização de lucro.

Em Madri, o índice Ibex-35 cedeu 178,60 pontos, ou 1,90%, a 9.199,90 pontos. Iberdrola recuou 1,44% e GasNatural perdeu 2,11%. Em Lisboa, o índice PSI-20 teve baixa de 62,53 pontos, ou 0,95%, a 6.529,68 pontos. Galp Energia, que estuda a venda de 132 estações de serviços em Portugal, foi a maior queda do índice: -3,53%. Em Milão, o índice S&P/MIB teve queda de 182 pontos, ou 0,91%, a 19.911 pontos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG