As principais bolsas européias terminaram em alta, em sua maioria, impulsionadas pela divulgação de dados melhores do que a expectativa a respeito da produção industrial norte-americana, apesar do fraco desempenho de bancos e do setor petrolífero, segundo operadores. O índice FTSE-100, da Bolsa de Londres subiu 6,47 pontos, ou 0,15%, para 4.

330,66 pontos. O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, caiu 7,77 pontos, ou 0,24%, e fechou com 3.234,15 pontos. Em Frankfurt, o índice Xetra-Dax avançou 48,02 pontos, ou 1,02%, e fechou com 4.756,40 pontos, mesmo com o declínio no índice de confiança empresarial da Alemanha, que teve o pior desempenho desde 1991.

As companhias do setor de petróleo e gás tiveram um dos piores desempenhos do dia, acompanhando o movimento de queda dos preços do petróleo na Bolsa Mercantil de Nova York para menos de US$ 38 o barril. Em Londres, a BP caiu 2,05% e o BG Group perdeu 2,49%. A Royal Dutch Shell teve leve alta, de 0,52%,

Entre as varejistas, o Carrefour caiu 7,37% em Paris após divulgar um alerta de lucro para este ano, argumentando que houve uma rápida deterioração no consumo nas últimas semanas, especialmente na Europa.

A British Airways subiu 0,29% em Londres após cancelar as negociações de um potencial acordo de fusão com a australiana Qantas Airways. A decisão deixou o caminho livre para a companhia britânica prosseguir em negociações semelhantes com a espanhola Iberia Líneas Aéreas, que encerrou em alta de 5,41% em Madri.

O BNP Paribas anunciou que não pode prosseguir com um acordo de aquisição dos ativos do Fortis devido a uma decisão judicial anunciada recentemente, que dá aos acionistas do Fortis o direito de votar sobre o acordo. O banco francês caiu 3,57%. O Fortis, por outro lado, subiu 18,75% em Bruxelas.

Outros bancos encerraram o dia em queda. O Société Générale caiu 2,04%, o HSBC perdeu 6,96% e o Commerzbank recuou 0,90%.

O setor automotivo terminou em leve alta, impulsionado pelo avanço da fornecedora de peças e fabricante de pneus Continental, que subiu 12,70% em meio a comentários sobre uma potencial aquisição pelo Schaeffler Group. A Volkswagen avançou 0,70% em Frankfurt e a Peugeot subiu 4,66% em Paris. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.