Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Europa e futuros de NY caem, com Lehman

O resultado do banco de investimento Lehman Brothers no terceiro trimestre fiscal, divulgado uma semana antes do previsto, acentuou o movimento de aversão ao risco dos investidores ao reforçar as preocupações com a saúde do setor financeiro. Logo após a divulgação do balanço, o índice futuro do S&P 500 passou a operar em baixa, arrastando as principais bolsas européias para o mesmo caminho.

Agência Estado |

Por volta das 9h20 (de Brasília), o futuro do S&P 500 caía 0,08%, enquanto o futuro do Nasdaq 100 sustentava alta de 0,43%. A Bolsa de Londres perdia 1,22%, a Bolsa de Paris recuava 0,77% e a Bolsa de Frankfurt tinha queda de 0,75%.

Segundo operadores, o mercado teme que o Lehman Brothers possa estar no mesmo caminho do Bear Stearns, que entrou em colapso em março e acabou sendo vendido ao banco de investimento JP Morgan. No pré-mercado em Wall Street, as ações do Lehman caíam 6,7%. As ações de bancos são as que mais sofrem com o balanço do Lehman Brothers: Barclays caía 1,3% e Lloyds TSB recuava 1,1%, em Londres.

O Lehman Brothers registrou prejuízo de US$ 3,9 bilhões, ou US$ 5,9 por ação, e receita negativa de US$ 2,9 bilhões no seu terceiro trimestre fiscal. Os resultados ficaram bem abaixo do esperado pelos analistas do mercado. Um operador ponderou, no entanto, que o plano de vender uma participação majoritária na divisão de gestão de investimentos é uma notícia positiva. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG