As principais bolsas europeias terminaram em queda, em meio a uma sessão volátil em que os índices foram puxados tanto para o território positivo quanto para o negativo por dados sobre a economia nos EUA e no continente europeu. O índice de ações pan-europeu Dow Jones Stoxx 600 subiu 0,2%, para 191,23 pontos.

Em termos de mercados locais, o índice londrino FT-100 recuou 40,47 pontos, ou 0,97%, e fechou com 4.149,64 pontos. Na semana, o índice teve alta de 2,40%, mas acumulou queda de 5,53% ao longo do mês. Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 35,83 pontos, ou 1,19%, e fechou com 2.973,92 pontos. Na semana, o índice teve alta de 4,38%, porém em janeiro registrou queda de 7,56%.

Em Frankfurt, o índice DAX-30 teve queda de 89,76 pontos, ou 2,03%, e fechou com 4.338,35 pontos. Na semana, o índice teve alta de 3,81%, mas acumulou baixa de 9,81% ao longo do mês. Em Madri, o índice Ibex-35 caiu 27 pontos, ou 0,32%, e fechou com 8.450,40 pontos. Na semana, o índice teve alta de 3,40%, porém em janeiro registrou queda de 8,11%.

Em Milão, o índice S&P/MIB recuou 211 pontos, ou 1,11%, e fechou com 18.799 pontos. Na semana, o índice teve alta de 3,16%, mas acumulou queda de 6,30% ao longo do mês. Em Lisboa, o índice PSI-20 subiu 35,23 ponto, ou 0,55%, e fechou com 6.438,19 pontos. Na semana, o índice teve alta de 2,28% e em janeiro registrou aumento de 1,52%.

Os índices receberam pressão no início do dia diante da divulgação de que a taxa de desemprego na zona do euro subiu de 7,9% em novembro para 8% em dezembro, maior nível desde novembro de 2006. Posteriormente, os mercados europeus subiram por conta da notícia de que o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA havia recuado 3,8% no quarto trimestre de 2008, enquanto o mercado esperava um declínio de 5,5%.

Entre as empresas que se destacaram hoje, o BNP Paribas subiu 1,73% em Paris. O banco concordou com um novo acordo para adquirir partes do Fortis depois de acionistas contestarem os termos da primeira proposta em um tribunal. O novo acordo define que o BNP assumirá uma participação menor do que a originalmente prevista na unidade de seguros do Fortis.

Outros bancos também encerraram o dia em alta, em sua maioria, apesar de as ações do Dexia terem caído 7,18% depois de a instituição anunciar um prejuízo de aproximadamente 2,3 bilhões de euros (US$ 3 bilhões) no último trimestre do ano passado.

Os papéis da suíça Roche subiram 1,93% em Zurique. A companhia diminuiu a oferta de compra da Genentech para US$ 42,5 bilhões, ou US$ 86,50 a ação, e dirigiu a proposta diretamente para os acionistas. Inicialmente, a Roche havia proposto um valor de US$ 89 por ação da Genentech, mas a oferta foi rejeitada.

As ações da Rio Tinto reverteram os ganhos obtidos mais cedo e encerraram em baixa de 2,84% em Londres. A companhia vendeu uma operação de minério de ferro em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e um projeto de uma mina de potássio na Argentina para a mineradora Vale do Rio Doce por US$ 1,6 bilhão. Entre outras mineradoras, a BHP Billiton caiu 7,45% e a Xstrata recuou 11,77%. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.