LONDRES (Reuters) - As ações européias fecharam em queda acentuada nesta quinta-feira, com os papéis de bancos liderando o declínio, à medida que as ações globais caíam com os temores dos investidores de uma recessão global e que as ações de companhias ligadas a petróleo seguiam a queda da commodity. O índice FTSEurofirst 300 caíram 5,52 por cento, para 853 pontos.

Os índices de ações norte-americanos oscilaram entre queda de 1 e 4 por cento, enquanto o índice VIX de volatilidade --medida do nervosismo de Wall Street-- atingia altas recordes acima de 80 pontos.

Entre os bancos europeus, os papéis do HSBC caíram 4 por cento, os do Santander recuaram 6,5 por cento e os do BNP Paribas tiveram baixa de 7 por cento.

As ações da Royal Dutch Shell tiveram desvalorização de 7 por cento e as da Total perderam mais de 9 por cento, enquanto os preços do petróleo mergulhavam 7,5 por cento para abaixo de 70 dólares o barril.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 5,35 por cento, a 3.861 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 4,91 por cento, para 4.622 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 5,92 por cento, para 3.181 pontos.

Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 5,75 por cento, a 15.871 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 4,11 por cento, para 9.308 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve recuo de 5,08 por cento, para 6.652 pontos.

(Reportagem de Rebekah Curtis)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.