LONDRES, 23 de março (Reuters) - As principais bolsas europeias encerraram esta terça-feira perto do maior patamar em 17 meses, impulsionadas por estimativa de desempenho da Cairn Energy acima da previsão do mercado e por lucro maior que o esperado da seguradora Legal & General. O índice FTSEurofirst 300, que acompanha as principais ações no continente, subiu 0,7 por cento, a 1.072 pontos. Pouco antes, o indicador registrou 1.073,56 pontos, maior nível desde o início de outubro de 2008.

O indicador, que acumulou alta de 26 por cento em 2009, registra valorização de 2,7 por cento até agora neste ano.

"Os mercados não querem realmente desistir e estão tomando coragem. Os lucros das empresas ainda estão vindo", disse Mike Lenhoff, estrategista no Brewin Dolphin.

A petrolífera britânica Cairn Energy disparou 8 por cento depois que a empresa apresentou seu resultado anual com comentários positivos sobre suas operações na Índia e Groenlândia.

O setor financeiro também avançou, com a seguradora britânica Legal & General fechando em alta de 5 por cento depois de superar as estimativas do mercado com um aumento de 87 por cento no lucro e de destacar confiança com uma alta de 30 por cento nos dividendos.

Na outra ponta, a Volkswagen recuou 6,1 por cento depois de ter afirmado que emitirá 65 milhões de novas ações preferenciais, ou aproximadamente metade de seu capital autorizado, em uma oferta de ações de aproximadamente 4,5 bilhões de euros (6,07 bilhões de dólares).

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,52 por cento, a 5.673 pontos

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,5 por cento, para 6.017 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 avançou 0,63 por cento, para 3.952 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em alta de 0,63 por cento, a 22.765 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou valorização de 1,24 por cento, para 10.996 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve variação positiva de 0,98 por cento, para 8.080 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.