Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da China fecham em alta, mas HK perde 0,7%

A maioria das bolsas asiáticas encerrou o pregão no território positivo nesta terça-feira. O destaque foi o mercado chinês, com alta significativa devido a fatores internos.

Agência Estado |

Em Hong Kong, houve forte declínio nas ações do setor imobiliário, após a Autoridade Monetária informar que o número de hipotecas residenciais em equity negativo teve alta elevação no último trimestre. Este movimento fez a bolsa local fechar em baixa, devolvendo os ganhos do início do pregão. Com baixo volume de negociações, o Hang Seng perdeu 84,60 pontos, ou 0,7%, e encerrou aos 12.776,89 pontos.

A alta nas ações dos estaleiros e dos setores maquinário e têxtil, com as esperanças de que o governo irá anunciar pacotes de estímulo para estes segmentos, levou as Bolsas da China a fechar no maior nível em quase dois meses. O Xangai Composto subiu 2,4% e encerrou aos 2.060,81 pontos, na melhor pontuação desde 10 de dezembro. Já o Shenzhen Composto ganhou 2,6% e terminou aos 639,05 pontos.

A desvalorização do dólar sobre o euro fez o yuan fechar em alta em relação à unidade norte-americana, revertendo o declínio do dia anterior. No mercado de balcão, às 4h30 (horário de Brasília), a cotação de compra e venda do dólar era de 6,8415 yuans, abaixo do fechamento de segunda-feira, que foi de 6,8487 yuans.

Os ganhos na Nasdaq fizeram a Bolsa de Taipé, em Taiwan, atingir o melhor fechamento em quase três semanas, liderada pelas companhias de tecnologia. O índice Taiwan Weighted subiu 2,7% e terminou aos 4.372,81 pontos, na maior pontuação desde 14 de janeiro.

Ações de empresas de tecnologia e de transporte marítimo lideraram a alta da Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, onde o índice Kospi fechou com um avanço de 1,4%, aos 1.163,20 pontos.

Na Bolsa de Sydney, na Austrália, o índice S&P/ASX 200 subiu 0,3% e fechou aos 3.508,7 pontos. Os ganhos foram puxados pelo setor bancário, depois que o Commonwealth Bank anunciou que seu lucro deve superar as estimativas do mercado.

O índice PSE da Bolsa de Manila, nas Filipinas, recuou 0,4%, 1.826,13 pontos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG