Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia voltam a cair com temor sobre economia global

Por Eric Burroughs HONG KONG (Reuters) - As Bolsas de valores da Ásia cederam nesta terça-feira parte dos ganhos registrados na véspera. O movimento refletiu o efeito que as perspectivas econômicas ruins tiveram sobre os investidores, que chegaram a ficar animados na segunda-feira com o grande pacote de estímulo econômico anunciado pelo governo chinês.

Reuters |

Os mercados acionários acabaram voltando para o terreno negativo depois que as ações da General Motors tombaram para o menor nível em 62 anos. As projeções indicando que o Goldman Sachs deve registrar seu primeiro prejuízo trimestral também contribuíram para o mau humor.

A falência da segunda maior rede de varejo de produtos eletrônicos dos Estados Unidos, a Circuit City, também deixou o cenário mais sombrio para o mercado de ações.

"Continuamos a receber dados econômicos fracos e não acho que isso vai mudar tão cedo", afirmou Sean Darby, estrategista-chefe para Ásia da Nomura, em Hong Kong.

O índice de ações MSCI para a região da Ásia, excluindo o mercado japonês, tombava 4,64 por cento, para 243 pontos, por volta das 7h22 (horário de Brasília).

No Japão, o índice Nikkei da Bolsa de TÓQUIO fechou em queda de 3 por cento, para 8.809 pontos, depois de ter saltado quase 6 por cento na véspera. Montadoras e grandes exportadores foram os grandes responsáveis pelo tombo do índice acionário do país.

Em XANGAI, o índice da Bolsa local teve uma queda mais singela, de 1,66 por cento, mas em HONG KONG, o indicador acionário local amargou uma desvalorização de 4,77 por cento.

SEUL recuou 2,06 por cento, TAIWAN teve perda de 2,15 por cento, CINGAPURA caiu 4,14 por cento e SYDNEY se desvalorizou 3,58 por cento.

Leia mais sobre: Bolsas asiáticas

Leia tudo sobre: bolsas asiáticas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG