Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia têm mais um dia de fortes baixas

As bolsas da Ásia aprofundam as perdas nesta terça-feira, quando investidores no Japão, Coréia do Sul e Hong Kong voltam de um feriado prolongado para enfrentar a turbulência que circula pelos mercados financeiros globais. O iene continua a se beneficiar da aversão ao risco que toma conta dos mercados, enquanto os bônus do governo japonês disparam com as compras impulsionadas pela busca de investimentos seguros.

Agência Estado |

 

O iene apresentava há pouco valorização de 0,43% frente ao dólar, com a moeda norte-americana valendo 104,37 ienes, e o juro do bônus de 10 anos do governo japonês caía 14,5 pontos-base, para 1,38%.

Por volta de 0h39 (de Brasília), a Bolsa da Coréia do Sul era a mais atingida na Ásia, com uma queda de 6,4%, enquanto a do Japão declinava 5,1% e o índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong baixava 5,6%. O contágio se espalhou até para mercados relativamente isolados, como o Vietnã, que caiu 3,3%. Os mercados da China caíram mesmo com o surpreendente corte nas taxas de juros efetuado ontem pelo banco central. Por volta de 0h27 (de Brasília), o índice Xangai Composto recuava 3,2%, e o Shenzhen Composto, 0,4%.

Em Taiwan, a bolsa registrava baixa de 5,1% e na Indonésia, o principal índice do mercado caía 5,6%. A Bolsa da Taipei, na Tailândia, perdia 3%. Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 recuava 2,5%, depois de ter caído 1,8% ontem. Na Nova Zelândia, o NZX 50 descia 2,6%, a Bolsa da Malásia baixava 2,1%, o índice Straits Times da Bolsa de Cingapura declinava 2,3% e o mercado filipino tinha queda de 4,6%. As informações são da Dow Jones.

Leia também:

 

Leia mais sobre Bovespa - dólar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG