SÃO PAULO - As bolsas da Ásia encerraram o dia com valorização, com influência dos resultados divulgados ontem pela Intel. Nesta sessão, os agentes acompanharam, principalmente, o desempenho de companhias do setor tecnológico.

SÃO PAULO - As bolsas da Ásia encerraram o dia com valorização, com influência dos resultados divulgados ontem pela Intel. Nesta sessão, os agentes acompanharam, principalmente, o desempenho de companhias do setor tecnológico. A Intel teve um lucro líquido de US$ 2,4 bilhões (US$ 0,43 por ação) no primeiro trimestre, o que representa um aumento de 288% sobre os US$ 629 milhões (US$ 0,11 por ação) registrados no mesmo período de 2009. A receita cresceu 44%, para US$ 10,3 bilhões. O desempenho da fabricante de chips para computadores superou a média da previsão dos analistas, que apontava para um lucro de US$ 0,38 por ação e receita de US$ 9,8 bilhões. Agora os agentes aguardam a divulgação de dados econômicos dos Estados Unidos e da China, como o desempenho do varejo americano e o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) da China. Em âmbito corporativo, existe certa expectativa quanto ao balanço trimestral do JPMorgan. O Shanghai Composite, de Xangai, subiu 0,16%, aos 3.166 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng encerrou a sessão praticamente estável, com ligeiro ganho de 0,08%, aos 22.121 pontos. Por sua vez, o Kospi, de Seul, avançou 1,45%, para 1.735 pontos. Já em Tóquio, o índice Nikkei 225 teve alta de 0,39%, aos 11.204 pontos. Entre as companhias ligadas à tecnologia, encerraram a sessão com alta Elpida Memory, Advantest, Shin-Etsu Chemical, Tokyo Electron, Samsung Electronics e Hynix Semiconductor. No entanto, montadoras coreanas registraram perdas. Hyundai apresentou queda de 0,4% e Kia Motors, de 1,3%, com os agentes analisando a relação won/dólar. (Karin Sato | Valor, com agências internacionais)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.