Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia sofrem realização de lucros; HK cai 1,5%

Após as fortes altas registradas na véspera, por conta da intervenção do governo dos Estados Unidos nas agências hipotecárias Fannie Mae e Freddie Mac, os mercados asiáticos voltaram à rotina de queda. Foram influenciados por fatores locais e pela realização de lucros.

Agência Estado |

Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong, onde o índice Hang Seng perdeu 303,16 pontos, ou 1,5%, e terminou aos 20.491,11 pontos.

Novamente as Bolsas da China não seguiram a tendência dos demais mercados regionais. Em recuperação no fim do pregão, o índice Xangai Composto subiu 0,1% e encerrou aos 2.145,78 pontos, após duas sessões seguidas de fortes perdas. O Shenzhen Composto ganhou 0,4% e terminou aos 585,53 pontos. Yuan - Uma queda acima das expectativas na taxa de paridade central dólar-yuan levou a unidade chinesa a se valorizar em relação à moeda norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8381 yuans, de 6,8433 yuans na última cotação de ontem.

As preocupações referentes às economias global e local e a realização de lucros levaram a Bolsa de Taipé, em Taiwan, a atingir a maior baixa porcentual diária em mais de 11 anos. Com moderado volume de negociações, o índice Taiwan Weighted perdeu 3,5% e encerrou aos 6.424,77 pontos. Na Coréia do Sul, a realização de lucros fez o índice Kospi da Bolsa de Seul recuar 22,15 pontos, ou 1,5%, e fechar aos 1.454,50 pontos. O índice PSE Composto da Bolsa de Manila, nas Filipinas, encerrou em baixa de 0,3%, aos 2.721,52 pontos, após um pregão com volume moderado. No mercado australiano, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney devolveu quase metade do que havia ganhado ontem e teve queda de 87,4 pontos, ou 1,7%, fechando aos 4.980,1 pontos.

Preocupações sobre a desaceleração da economia global levaram os investidores a realizar lucros e a Bolsa de Cingapura teve baixa. O índice Strait Times recuou 0,9% e fechou aos 2.673,21 pontos. O mercado indonésio teve forte queda devido a vendas de investidores estrangeiros de ações relacionadas a commodities em meio aos temores de que os preços das matérias-primas continuem a cair em um cenário de enfraquecimento da economia global. O índice composto da Bolsa de Jacarta tombou 3,9% e fechou aos 1.958,75 pontos. O mercado tailandês interrompeu as perdas depois que a Corte Constitucional decidiu que o primeiro-ministro Samak Sundaravej violou a Constituição e exigiu sua renúncia. O índice SET da Bolsa de Bangcoc caiu 0,3% e fechou aos 663,61 pontos. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, cedeu 0,7% e fechou aos 1.068,55 pontos. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG