Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia sobem com expectativa de pacote nos EUA

Por Kevin Plumberg HONG KONG (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia terminaram o dia em alta nesta sexta-feira, antes da votação de um grande pacote de estímulo econômico nos Estados Unidos. O iene se valorizou frente ao dólar com a expectativa de que os dados de emprego dos EUA reflitam uma profunda recessão.

Reuters |

Dados econômicos da maioria dos países têm amplamente mostrado uma debilidade severa e investidores têm ansiedade para saber o tamanho e o escopo do próximo esforço dos EUA para determinarem em quanto tempo uma recuperação poderá ser gestada. O Senado norte-americano está debatendo um plano de 920 bilhões de dólares, mas pode encolher esse valor antes de ser aprovado.

"Expectativas por novos desdobramentos das medidas econômicas norte-americanas na próxima semana, incluindo o estabelecimento de um esquema de um 'banco ruim', e um iene mais fraco estão encorajando investidores a comprar ações", disse Fumiyuki Nakanishi, gerente do SMBC Friend Securities em Tóquio.

O índice Nikkei, de TÓQUIO, subiu 1,6 por cento, com as ações do Softbank entre as maiores valorizações da sessão, após a terceira maior operadora de telefonia móvel do Japão ter registrado uma alta de 2 por cento no lucro trimestral, e ter mantido previsão para o ano.

Após o fechamento dos negócios, a Toyota alertou que o prejuízo anual da empresa será três vezes maior que o anunciado há seis semanas. A maior montadora do mundo batalha para cortar produção de forma rápida o suficiente para se adequar às vendas em queda.

O índice MSCI que reúne os principais mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão operava em alta de 2,94 por cento às 7h48 (horário de Brasília), consolidando segunda semana seguida de ganhos.

Já em HONG KONG, o índice Hang Seng subiu 3,6 por cento, ajudado por ganhos em empresas de peso no índice, como HSBC e China Mobile.

Movimentos de curto-prazo em mercados são notoriamente difíceis de se prever, mesmo sem uma crise financeira global. Entretanto, Garry Evans, chefe de estratégia pan-asiática do HSBC em Hong Kong, disse que após mais algumas semanas difíceis, as ações regionais devem voltar a subir por alguns meses ante melhoras na economia dos Estados Unidos e expectativas de uma recuperação no segundo semestre.

A bolsa de SEUL fechou em alta de 2,75 por cento, XANGAI teve valorização de 3,97 por cento, TAIWAN avançou 2,48 por cento e CINGAPURA exibiu ganho de 0,63 por cento. SYDNEY subiu 1,2 por cento.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG