Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia seguem Wall Street e fecham em baixa

Os principais mercados asiáticos fecharam no campo negativo pelo terceiro pregão consecutivo. As Bolsas da região foram pressionadas pelos fatores internos de cada país, a queda em Wall Street e a ausência de boas notícias sobre a economia da China.

Agência Estado |

Os mercados operaram com volumes de negócios reduzidos, já por conta dos feriados de final de ano. As perdas em Wall Street fizeram a Bolsa de Hong Kong fechar em queda. Em sessão encerrada mais cedo por causa do feriado natalino, o índice Hang Seng perdeu 36,65 pontos, ou 0,3%, e terminou aos 14.184,14 pontos.

O desapontamento proveniente da ausência de medidas de suporte ao mercado por parte de Pequim e as preocupações sobre um iminente influxo de grande quantidade de ações da Haitong Securities previamente não comerciáveis levaram as Bolsas da China a apresentar baixa pelo terceiro pregão consecutivo. O índice Xangai Composto caiu 1,8% e encerrou aos 1.863,80 pontos. Já o Shenzhen Composto perdeu 2,1% e terminou aos 575,07 pontos. Yuan - Um recuo de volta ao nível de referência ante o dólar levou o yuan a fechar em alta sobre a moeda americana, depois que a demanda por parte de importadores manteve a divisa chinesa em baixa pela maior parte do dia. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8485 yuans, ante 6,8510 yuans do fechamento de terça-feira.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em alta. As perdas do início da sessão foram revertidas pela presença de investidores em busca de ofertas de ocasião, após o índice acumular queda de 6,1% nos dois últimos pregões. Com fraco volume de negociações, o índice Taiwan Weighted ganhou 0,4% e encerrou aos 4.423,09 pontos. A Bolsa de Seul, na Coréia do Sul, encerrou um pregão com muito poucos negócios sob a preocupação dos investidores com os fundamentos da economia. O mercado diminuiu as perdas, porém, depois que o dólar recuou diante do won. O índice Kospi encerrou com baixa de 1,4%, aos 1.128,51 pontos. Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney teve alta de 1,4% e fechou aos 3.582,2 pontos. Os traders atribuíram a elevação ao movimento de recomposição de carteiras que os fundos domésticos realizam antes do final do ano. O índice PSE da Bolsa de Manila, nas Filipinas, avançou 0,6% e fechou aos 1.872,85 pontos. A recomposição das carteiras que antecede o final do ano ajudou as blue chips.

A Bolsa de Cingapura teve alta, mas com volume reduzido em função da véspera de Natal. O índice Straits Times subiu 0,7% e fechou aos 1.736,99 pontos. Na Indonésia, o mercado teve ligeira baixa, seguindo Wall Street. O índice composto da Bolsa de Jacarta recuou 0,5% e fechou aos 1.336,61 pontos. O mercado tailandês acompanhou os demais regionais e teve baixa. O índice SET da Bolsa de Bangcoc cedeu 0,3% e fechou aos 439,17 pontos. Na Malásia, o índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur perdeu 0,2% e fechou aos 869,62 pontos, com ausência de estímulos e muitos investidores de férias. As informações são da Dow Jones

Leia mais sobre Bolsa de Valores

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG