A maioria dos mercados asiáticos fechou novamente em alta. Os bons resultados apresentados por Wall Street voltaram a animar as Bolsas da região.

Fatores internos de cada país também pesaram. A exceção foi a Coreia do Sul, que sofreu com a realização de lucros.

Os ganhos nas imobiliárias levaram a Bolsa de Hong Kong a fechar em ligeira elevação. O índice Hang Seng subiu 13,75 pontos, ou 0,1%, e encerrou aos 13.130,92 pontos.

O otimismo dos investidores com as previsões sobre a economia chinesa estimulou a compra de ações cíclicas, como de companhias de minério e de construção naval. Este movimento fez as Bolsas da China fechar em alta pela quarta sessão seguida. O índice Xangai Composto ganhou 1,9% e encerrou aos 2.265,76 pontos. O índice Shenzhen Composto subiu 2,1% e terminou aos 752,53 pontos.

A desvalorização do dólar em relação às principais moedas, após o anúncio do Federal Reserve de injeção de recursos no sistema financeiro americano, levou o yuan a se valorizar significativamente sobre a moeda norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8285 yuans, de 6,8347 yuans do fechamento de quarta-feira.

Após quatro sessões de ganhos, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em ligeira baixa. O índice Taiwan Weighted caiu 0,2% e terminou aos 5.035,93 pontos, por conta da realização de lucros e da compra rotacional de ações.

Na Coreia do Sul, a queda nas ações das exportadoras e a realização de lucros pressionaram para baixo a Bolsa de Seul, onde o índice Kospi teve queda de 0,7% e encerrou aos 1.161,81 pontos.

Já a Bolsa de Sydney, na Austrália, seguiu os ganhos das bolsas de Nova York. O índice S&P/ASX 200 teve alta de 1% e fechou aos 3.480,2 pontos.

O índice PSE da Bolsa de Manila, nas Filipinas, avançou 0,6%, aos 1.780,26 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve alta, com o sentimento ajudado pelos ganhos em Wall Street seguindo notícias de que o Fed injetará recursos no sistema financeiro dos EUA. O índice Straits Times subiu 0,6% e fechou aos 1.584,86 pontos.

O mercado indonésio teve alta, impulsionado por expectativas de que a moeda continuará a se valorizar, por compras de ofertas de ações financeiras e esperanças de que o banco central cortará a taxa de juros no próximo mês. O índice composto da Bolsa de Jacarta subiu 1,4% e fechou aos 1.341,60 pontos.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,4% e fechou aos 427,72 pontos, maior fechamento em 3 semanas. O índice chegou aos 431,78 pontos no decorrer do dia, mas recuou devido a realizações de lucros.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,5% e fechou aos 852,18 pontos. Na abertura, houve fortes ganhos, mas vendas no final do dia ruíram parte da alta. As informações são da Dow Jones

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.