Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia recuperam parte das perdas e fecham em alta

Por Eric Burroughs HONG KONG (Reuters) - Os mercados asiáticos se recuperaram do patamar mais baixo em cinco anos, quando uma série de rumores, tais como de que a China cortará taxa de juro ainda nesta sexta-feira, incentivaram investidores a cobrir posições de curto prazo antes do final de semana.

Reuters |

Operadores também citaram conversas de que o Federal Reserve poderá cortar a taxa de juro em uma ação emergencial mais tarde no dia, ou de que bancos centrais em todo o mundo conduzirão outra rodada de cortes conjuntos do juro, diante da renovada volatilidade do mercado.

"Muitos rumores estão por aí", disse Markus Amman, diretor global de vendas de moeda estrangeira do HVB de Hong Kong.

O índice MSCI de ações da região Ásia-Pacífico, com exceção do Japão, registrava valorização de 3,15 por cento às 7h29 (horário de Brasília). O indicador chegou a registrar queda de 3,2 por cento mais cedo, caindo ao patamar mais baixo desde outubro de 2003.

Temores de uma forte recessão econômica global abateram a confiança de investidores durante toda a semana, levando a uma maior liquidação de ativos como ações e commodities, e puxando o rendimento de títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos para abaixo de 3 por cento pela primeira vez em meio século.

O índice Kospi, da bolsa de SEUL, puxou os ganhos na região, fechando em alta de 5,8 por cento, enquanto o índice Nikkei, de TÓQUIO, se valorizou 2,7 por cento.

Em HONG KONG, o índice Hang Seng subiu 2,9 pontos, enquanto a bolsa de SYDNEY terminou em terreno positivo com alta de 1,9 por cento. Em XANGAI, houve queda de 0,7 por cento e em TAIWAN, a alta foi de 2 por cento. Já em CINGAPURA, a valorização foi de 3 por cento.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG