Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia reagem

As Bolsas asiáticas reagiram nesta quinta-feira, um dia após a ação coordenada dos bancos centrais de Europa e Estados Unidos para debelar a crise financeira.

AFP |

A Bolsa de Tóquio terminou a manhã em alta de 1,25%, com o índice Nikkei 225, média ponderada dos 225 principais valores, ganhando 115,08 pontos ou 1,25%, a 9.318,40, após inverter a tendência de queda na abertura.

Esta é a primeira vez, desde o dia 2 de outubro, que o Nikkei sai do vermelho durante o pregão.

O índice ampliado Topix avançava 16,48 pontos ou 1,83%, a 915,49 unidades, no momento do intervalo do pregão.

Na quarta-feira, o Nikkei despencou 9,38%, sua pior queda em 21 anos, diante da persistência da crise financeira mundial e da alta do iene em relação ao dólar.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng abriu em alta de 1,1% ou 166,51 pontos, a 15.598,24 unidades, após queda acumulada de 15,3% nos últimos três pregões.

A Bolsa de Cingapura também reagiu nesta quinta-feira, com o índice Straits Times abrindo em alta de 19,67 pontos ou 0,97%, a 2.053,28 unidades.

Cingapura havia mergulhado 6,61% na véspera, atingindo seu nível mais baixo desde dezembro de 2004.

Em Xangai, o Shanghai Composite Index, dos papéis A e B, abriu em alta de 33,34 pontos ou 1,59%, a 2.125,57 unidades. Na véspera, a Bolsa chinesa havia recuado 3,04%.

afp/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG