Após duas sessões de rali, os principais mercados asiáticos apresentaram queda. Parte deles foi influenciada pelo forte declínio em Wall Street, com as dúvidas de que o plano de socorro aos bancos de US$ 700 bilhões do governo dos Estados Unidos irá realmente conter a crise financeira.

Outras bolsas sofreram com a realização de lucros. No caso de Hong Kong , a bolsa seguiu o declínio dos mercados dos EUA. O índice Hang Seng perdeu 759,35 pontos, ou 3,9% e terminou aos 18.872,85 pontos.

Os investidores decidiram realizar lucros e fizeram as Bolsas da China fechar em baixa. A queda só não foi maior porque a peso pesado PetroChina paralisou as perdas, ao subir 3,9%. O índice Xangai Composto caiu 1,6% e encerrou aos 2.201,51 pontos. Já o Shenzhen Composto perdeu 5,5% e terminou aos 584,26 pontos. Yuan - A desvalorização do dólar sobre o euro empurrou o yuan para um novo recorde de valorização em relação à moeda norte-americana. Durante o pregão, o dólar chegou a ser negociado a 6,8099 yuans, o menor nível na era moderna. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8135 yuans, de 6,8300 yuans do fechamento de segunda-feira.

A Bolsa de Taipé , em Taiwan, reverteu as perdas do início da sessão e continuou em elevação. O índice Taiwan Weighted ganhou 1,2% e encerrou aos 6.182,21 pontos, a maior pontuação desde 12 de setembro. A procura por ações baratas garantiu a alta da Bolsa de Seul , na Coréia do Sul. O índice Kospi ganhou 1,4% e fechou aos 1.481,37 pontos. A Bolsa de Manila , nas Filipinas, foi pressionada pela forte alta do petróleo e fechou em queda. O índice PSE Composto recuou 1,3% e terminou aos 2.486,29 pontos. A Bolsa de Sydney , na Austrália, não conseguiu manter o índice S&P/ASX 200 acima dos 5 mil pontos, influenciada pelas baixas em Wall Street. O índice teve queda de 2% e fechou aos 4.923,50 pontos.

A Bolsa de Cingapura terminou em baixa com muitos investidores de lado devido a dúvidas sobre se o plano americano para os bancos pode ajudar a evitar uma recessão nas maiores economias do mundo. O índice Straits Times tombou 2,7% e fechou aos 2.476,51 pontos. O mercado indonésio teve baixa por conta de realizações de lucros em meio ao pessimismo global depois da queda das ações nos EUA. O índice composto da Bolsa de Jacarta recuou 1,3% e fechou aos 1.873,10 pontos. O mercado tailandês sofreu baixa, por temores de que o plano de resgate aos bancos do governo americano não tenha efetividade. O índice SET da Bolsa de Bangcoc caiu 1,0% e fechou aos 608,25 pontos. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur , na Malásia, cedeu 0,2% e fechou aos 1.026,18 pontos, com os investidores de lado em meio a renovadas preocupações sobre os problemas do setor financeiro americano e as contínuas incertezas políticas locais. As informações são da Dow Jones

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.