Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia fecham em forte queda; HK cai 3,1%

Os mercados asiáticos não seguiram a tendência de Wall Street e apresentaram grandes perdas. A maioria das Bolsas manifestou apreensão quanto ao desempenho das economias global e doméstica e também sucumbiu ao efeito dominó regional, em particular com o mau pregão da Bolsa de Tóquio.

Agência Estado |

Na Bolsa de Hong Kong, o índice Hang Seng perdeu 611,06 pontos, ou 3,1%, e terminou aos 19.388,72 pontos, o pior fechamento desde 20 de março de 2007.

As ações do setor bancário lideraram a forte queda nas Bolsas da China. As contínuas preocupações sobre uma recessão na economia doméstica fizeram o índice Xangai Composto atingir a menor pontuação em 21 meses, próximo do crucial nível de suporte psicológico dos 2 mil pontos. O Xangai Composto caiu 3,3% e encerrou aos 2.078,98 pontos, o pior fechamento desde 29 de novembro de 2006. Já o Shenzhen Composto perdeu 2,2% e terminou aos 575,32 pontos. Yuan - A valorização generalizada do dólar sobre as principais moedas internacionais fez o yuan se desvalorizar em relação à unidade norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado aos 6,8465 yuans, de 6,8385 yuans do fechamento de quarta-feira.

Os contínuos temores sobre as economias global e doméstica, assim como o declínio nos demais mercados regionais, levaram a Bolsa de Taipé, em Taiwan, a fechar em elevada baixa. O índice Taiwan Weighted perdeu 3,2% e encerrou aos 6.251,95 pontos, na menor pontuação desde 14 de dezembro de 2005. A Bolsa de Seul, na Coréia do Sul, ignorou a decisão do banco central do país de manter a taxa de juros estável em 5,25%, mas foi pressionada pelo vencimento simultâneo dos contratos futuros e de opções. As vendas programadas fizeram o índice Kospi perder 21,74 pontos, ou 1,5%, e fechar aos 1.443,24 pontos. Já a Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou em queda pelo terceiro pregão consecutivo. O índice PSE Composto caiu 1,4% e encerrou aos 2.672,56 pontos. O setor financeiro também liderou a queda da Bolsa de Sydney, na Austrália, onde o índice S&P/ASX 200 recuou 91,2 pontos, ou 1,9%, e fechou aos 4.814,3 pontos.

A Bolsa de Cingapura trilhou o caminho das demais regionais e dos EUA já que os investidores permaneceram cautelosos com as perspectivas do banco americano de investimentos Lehman Brothers. O índice Strait Times caiu 3,1% e fechou aos 2.541,15 pontos. O mercado indonésio cedeu afetado pelo enfraquecimento da moeda e mais vendas de ações relacionadas a commodities. O índice composto da Bolsa de Jacarta caiu 0,8% e fechou aos 1.870,13 pontos. Na Tailândia, o mercado reverteu ganhos e encerrou em baixa. O índice SET da Bolsa de Bangcoc perdeu 1,3% e fechou aos 646,80 pontos. O mercado malaio caiu ao seu menor nível em oito anos. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur recuou 2,0% e fechou aos 1.041,07 pontos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG