Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Ásia caem com desaceleração da economia

HONG KONG - As bolsas de valores da Ásia fecharam em queda nesta segunda-feira pela quarta sessão seguida. A impiedosa desaceleração econômica global limitou entusiasmo de investidores sobre tomada de riscos, apesar de que retornos oferecidos por alguns bônus se mostraram muito bons demais para serem ignorados.

Reuters |

A divulgação de dados de desemprego em dezembro, nos Estados Unidos, na sexta-feira, que mostrou que mais de meio milhão de postos foram perdidos e o maior índice de desemprego foi alcançado desde 1993, agravou a preocupação dos investidores sobre a demanda de consumidores de exportações asiáticas. Esses temores mantiveram os preços do petróleo próximo dos US$ 40 dólares.

"O tom negativo ainda permeia o mercado, nada muda muito em 2009", disse Dominic Vaughan, operador sênior da CMC Markets, na Austrália. "Nos próximos três a seis meses nós ainda teremos tempos difíceis para os mercados de commodities, assim como para mercados globais", disse ele.

O índice MSCI das principais ações da região Ásia-Pacífico, com exceção do Japão, perdeu 3%, em queda pelo quarto dia seguido, após um rali que elevou o indicador ao maior patamar esfriou na última semana.

Os mercados no Japão estiveram fechados devido a feriado.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 de SYDNEY caiu 1,4% e a moeda do país se desvalorizou para o patamar mais baixo após uma pesquisa do setor privado ter mostrado uma forte queda na divulgação de novos empregos, o que sugere que os dados relativos ao emprego na próxima quinta-feira poderão refletir fragilidade.

O índice Hang Seng, de HONG KONG, perdeu 2,8%, quinta sessão seguida de queda, equiparando-se a uma sequência de quedas de outubro.

Papéis ligados a commodities estiveram sob pressão, e ações de companhias aéreas perderam valor após a China Eastern Airlines ter informado que registrará uma grande perda em 2008, em parte devido contratos de hedge sobre combustível mal sucedidos.

Na Coréia do Sul, a bolsa de SEUL se desvalorizou 2%, enquanto em CINGAPURA, houve queda de 1,65%. Em XANGAI, a bolsa perdeu 0,2%, enquanto em TAIWAN recuou 0,3%.

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG