Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas asiáticas têm sinais variados; HK sobe 1,1%

A aprovação, pelo Senado dos Estados Unidos, do plano de socorro de US$ 700 bilhões ao setor financeiro norte-americano norteou os mercados da Ásia. Contudo, enquanto algumas Bolsas fechavam no território positivo, outras apresentavam baixa, exatamente por conta de temores de que o projeto de lei do governo Bush possa ter novamente problemas para passar na Câmara dos Representantes, onde deverá ser votado até amanhã.

Agência Estado |

As Bolsas da China, da Índia, da Indonésia e da Malásia estiveram fechadas por ser feriado.

A Bolsa de Hong Kong foi uma das que reagiram positivamente ao pacote dos EUA. O índice Hang Seng ganhou 194,90 pontos, ou 1,1%, e terminou aos 18.211,11 pontos.

Por sua vez, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, voltou a fechar em baixa, no encalço da queda em outros mercados regionais. Com fraco volume de negociações, o índice Taiwan Weighted perdeu 1,1% e encerrou aos 5.703,72 pontos. Na Bolsa de Seul, na Coréia do Sul, o índice Kospi perdeu 1,4% e fechou aos 1.419,65 pontos. Já a Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou em alta. Com moderado volume de negociações, o índice PSE Composto subiu 1,7% e encerrou aos 2.612,89 pontos.

Após um pregão volátil, o mercado australiano fechou com o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney em queda de 0,7%, aos 4.761 pontos. A Bolsa de Cingapura teve ligeira alta por conta de fortes ganhos em algumas blue chips, mas as incertezas gerais impediram uma valorização maior. O índice Straits Times subiu 0,2% e fechou aos 2.363,60 pontos. O mercado tailandês reagiu positivamente à aprovação do plano de socorro ao setor financeiro pelo Senado americano. O índice SET da Bolsa de Bangcoc subiu 0,6% e fechou aos 597,69 pontos. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG