Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas asiáticas têm reações variadas a cortes de juros

O corte conjunto de juros feito pelos principais bancos centrais do mundo, como tentativa de conter a turbulência financeira nos mercados, surtiu efeito parcial nos mercados asiáticos. Em algumas bolsas, a percepção dos investidores foi de que essas medidas não devem frear a pressão recessiva nos países desenvolvidos.

Agência Estado |

Para outros mercados, a decisão dos BCs mostrou-se positiva. A Bolsa de Jacarta, na Indonésia, permaneceu fechada devido à baixa de mais de 10% do índice composto ontem. A Bolsa de Hong Kong obteve recuperação após três sessões consecutivas de baixa. O índice Hang Seng ganhou 511,51 pontos, ou 3,3%, e terminou aos 15.943,24 pontos.

Na China continuaram as preocupações sobre a tormenta financeira nos mercados globais, o que fez as Bolsas fecharem em baixa pelo quinto pregão seguido, apesar da redução dos juros adotada por Pequim. O índice Xangai Composto caiu 0,8% e encerrou aos 2.074,58 pontos. Já o Shenzhen Composto perdeu 1,4% e terminou aos 562,61 pontos. Yuan - A manutenção do patamar da taxa de paridade central dólar-yuan pelo terceiro pregão seguido, como forma de escorar a ênfase do Banco Central da China na estabilidade econômica, fez o yuan se desvalorizar em relação ao dólar. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8205 yuans, de 6,8171 do fechamento de quarta-feira.

Também em pregão instável, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, voltou a apresentar a menor pontuação em mais de cinco anos. O índice Taiwan Weighted perdeu 1,45% e encerrou aos 5.130,71 pontos. O corte de 0,25 ponto porcentual na taxa básica de juros, efetuado pelo banco central sul-coreano, ajudou a Bolsa de Seul. O índice Kospi teve avanço de 0,6% e fechou aos 1.294,89 pontos. A Bolsa de Manila, nas Filipinas, terminou com a sexta baixa consecutiva, mas a procura por ações baratas limitou as perdas. O índice PSE Composto caiu 0,8% e encerrou aos 2.288,44 pontos. Por sua vez, a Bolsa de Sydney, na Austrália, fechou em queda e recuou para a menor pontuação em mais de três anos. O índice S&P/ASX 200 caiu 1,5% e terminou aos 4.320,9 pontos.

A Bolsa de Cingapura apresentou alta, uma vez que os investidores viram boas oportunidades de compras após a baixa de 6,6% ontem. O índice Strait Times subiu 3,4% e fechou aos 2.102,71 pontos. A ação coordenada dos BCs fez o mercado tailandês fechar em alta, em uma sessão volátil devido ao cabo-de-guerra entre as realizações de lucros e as procuras por pechinchas. O índice SET da Bolsa de Bangcoc subiu 1,6% e fechou aos 499,99 pontos. Na Malásia, o índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur desceu 0,1% e fechou aos 968,89 pontos, devido a realizações de lucros que neutralizaram os ganhos obtidos mais cedo com compras de pechinchas. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: mercados

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG