Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas asiáticas iniciam semana em queda; HK cai 2,8%

Os principais mercados da Ásia fecharam em baixa nesta segunda-feira. Vários fatores pesaram para o mau resultados das Bolsas da região.

Agência Estado |

Entre eles, os números negativos sobre a economia dos Estados Unidos, a queda de Wall Street na sexta-feira e os temores de enfraquecimento da economia chinesa. Em Hong Kong e na China, as bolsas também foram influenciadas negativamente pela baixa dos preços do petróleo. No Japão, o mercado esteve fechado por ser feriado.

A queda das ações de bancos chineses e companhias de petróleo levou o índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong para baixo da marca psicológica dos 14 mil pontos. O índice perdeu 2,8% e encerrou aos 13.971,0 pontos.

O declínio nas ações do setor petrolífero, por conta do enfraquecimento global dos preços do petróleo, teve um peso maior que os ganhos nos papéis de produtores de metais. Este movimento fez com que a Bolsa de Xangai, na China, fechasse em ligeira queda, com os investidores mostrando cautela à espera de dados econômicos chaves a serem divulgados no fim do mês. Com modesto volume de negociações, o Xangai Composto caiu 0,2% e encerrou aos 1.900,35 pontos. Por sua vez, o Shenzhen Composto ganhou 0,5% e terminou aos 588,72 pontos.

Ordens de stop-loss ajudaram a estreitar o prêmio do dólar-yuan futuro, mas a unidade chinesa ficou estável em relação à moeda norte-americana, com as expectativas de que o Banco Central chinês não irá alterar a taxa de paridade central nas próximas semanas. No mercado de balcão, às 4h30 (de Brasília), a cotação de compra e venda do dólar era de 6,8361 yuans, ligeiramente acima do fechamento de sexta-feira, que foi de 6,8356 yuans.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em queda pelo quarto pregão seguido. Os investidores ficaram preocupados com a possibilidade de os resultados de empresas dos EUA serem fracos. Com fraco volume de negociações,.o Taiwan Weighted perdeu 0,3% e encerrou aos 4.453,90 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, ampliou as perdas pelo terceiro pregão consecutivo. O índice Kospi recuou 2,1%, para 1.156,75 pontos.

Na Austrália, os números sobre o desemprego nos EUA e a subseqüente baixa no pregão de sexta-feira das bolsas de Nova York levaram o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney a uma queda de 1,4%, para 3.683,3 pontos.l.

Nas Filipinas, o índice PSE da Bolsa de Manila encerrou com alta de 0,7%, aos 1.997,83 pontos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG