Tamanho do texto

Os mercados da Ásia fecharam no campo positivo. A alta em Wall Street, a valorização do dólar sobre as principais moedas internacionais e a baixa dos preços do petróleo influíram decisivamente sobre as bolsas regionais.

A exceção foi a Bolsa de Hong Kong , onde os mais recentes dados sobre a economia da China trouxeram preocupações sobre a adoção de novas medidas de aperto macroeconômico por parte de Pequim. Isso levou o mercado de HK a fechar em ligeira queda, apagando os ganhos de 350 pontos obtidos na sessão da manhã. O índice Hang Seng perdeu 25,87 pontos, ou 0,1%, e terminou aos 21.859,34 pontos.

A Bolsa de Taipé , em Taiwan, teve a alta liderada pelos ganhos nos setores de turismo (+3,3%) e de tecnologia (+2,1%). O índice Taiwan Weighted subiu 1,6% e encerrou aos 7.325,62 pontos, a maior pontuação final desde 25 de julho. No mercado da Coréia do Sul, a valorização do dólar em relação ao coreano won estimulou as ações das empresas de tecnologia e de fabricantes de veículos. O índice Kospi da Bolsa de Seul subiu 0,8% e fechou aos 1.581,09 pontos. O mercado filipino encerrou no maior nível em mais de dois meses, por conta do rali nas Bolsas dos EUA e da queda do petróleo. O índice PSE Composto, da Bolsa de Manila , subiu 2,8% e fechou aos 2.768,52 pontos, a melhor pontuação desde 4 de junho. Os fortes ganhos em papéis dos setores financeiro, industrial, de consumo e de produtos de saúde ofuscaram as quedas nos segmentos de recursos naturais e de energia, o que fez a Bolsa de Sydney , na Austrália, apresentar moderada alta. O índice S&P/ASX 200 ganhou 0,8% e encerrou aos 5.026,1 pontos. BHP caiu 1,8%, Rio Tinto perdeu 3,7%.

A Bolsa de Cingapura teve ligeira alta, uma vez que a queda nos preços do petróleo elevou o interesse por ações de companhias de transporte marítimo de contêineres e aéreas. O índice Strait Times subiu 0,6% e fechou aos 2.825,39 pontos. O mercado indonésio teve forte queda por conta de uma massiva venda de ações relacionadas a commodities por fundos estrangeiros. O índice composto da Bolsa de Jacarta caiu 2,8% e fechou aos 2.133,92 pontos. O mercado tailandês encerrou em alta por conta de expectativas de que a crise política do país deverá ficar ao menos temporariamente neutralizada depois que o expulso premier Thaksin Shinawatra escapou e refugiou-se na Grã-Bretanha. O índice SET da Bolsa de Bangcoc subiu 1,8% e fechou aos 702,93 pontos. Na Malásia, o mercado fechou em ligeira alta, mas realizações de lucros limitaram os ganhos, auferidos por conta do desempenho positivo em Wall Street sexta-feira e o declínio nos preços do petróleo cru. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur subiu 0,6% e fechou aos 1.127,46 pontos. As informações são da Dow Jones