Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas asiáticas fecham em queda; Xangai perde 2,6%

Os mercados da Ásia apresentaram baixa influenciados principalmente pelo fraco resultado de Wall Street e a valorização do dólar. Fatores internos também pesaram, como no caso da Bolsa de Hong Kong , que teve ligeira queda por conta do mau desempenho dos mercados chineses e da forte baixa nas ações da China Unicom, que desabou 7,1%.

Agência Estado |

Com fraco volume de negociações, o índice Hang Seng caiu 48,12 pontos, ou 0,2%, e terminou aos 21.056,66 pontos.

Preocupações sobre uma possível recessão na economia doméstica e o efeito referente aos resultados semestrais das corporações fizeram as Bolsas da China fechar em forte queda. O índice Xangai Composto caiu 2,6% e encerrou aos 2.350,08 pontos. Já o Shenzhen Composto perdeu 4% e terminou aos 646,47 pontos. Yuan - Realizações de lucros ao final da sessão por parte de bancos que tinham ofertado o dólar bem acima da taxa de paridade central dólar-yuan ajudaram a moeda chinesa a fechar em alta ante a divisa americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8450 yuans, de 6,8481 yuans ontem.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em baixa, influenciada pelos mercados dos EUA e pelas Bolsas regionais. Com fraco volume de negociações, o índice Taiwan Weighted caiu 0,9% e encerrou aos 6.964,60 pontos, no pior fechamento desde 31 de outubro de 2006. Na Coréia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul encerrou abaixo dos 1.500 pontos pela primeira vez em 17 meses. O índice perdeu 11,86 pontos, ou 0,8%, e fechou aos 1.490,25 pontos. O índice PSE Composto da Bolsa de Manila, nas Filipinas, sofreu a sexta queda consecutiva e fechou com perda de 0,6%, aos 2.637,65 pontos. O mercado local aguarda a divulgação do PIB do segundo trimestre e a reunião do banco central, na próxima quinta-feira. A forte recuperação em algumas das principais ações, incluindo as de empresas de commodities minerais, ajudou a amenizar as perdas da Bolsa de Sydney, na Austrália. O índice S&P/ASX 200 fechou com queda de 7,4 pontos, ou 0,2%, aos 5.007,5 pontos.

A Bolsa de Cingapura fechou em seu mais baixo nível em 22 meses, uma vez que as preocupações com o setor financeiro pesaram em Wall Street e os investidores permaneceram cautelosos à espera de dados da crítica economia americana. O índice Straits Times cedeu 0,96% e fechou aos 2.707,19 pontos. Vendas por parte de fundos estrangeiros de papéis de telecomunicações, bancos e mineradoras para realização de lucros levaram para baixo o índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, que recuou 0,9% e fechou aos 2.107,55 pontos. Com os investidores de lado à espera das eleições parlamentares na circunscrição de Permatang Pauh hoje, o mercado malaio terminou também em baixa. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur caiu 0,8% e fechou aos 1.070,50 pontos. Dealers disseram que o mercado deve reagir negativamente se o líder de fato da oposição Anwar Ibrahim vencer com uma acachapante margem (mais de 70%). As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG