Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas asiáticas fecham em baixa

As principais Bolsas asiáticas tiveram perdas nesta segunda-feira. Bolsa de Tóquio encerrou a sessão em queda de 6,36%, o que deixou o índice Nikkei no menor nível em 26 anos, provocada pela baixa das ações bancárias e pala valorização do iene em relação ao dólar e ao euro.

AFP |

 

O índice Nikkei 225 perdeu 486,18 pontos, a 7.162,90 unidades, o menor nível desde o fechamento 7 de outubro de 1982, ou seja, muito antes do estouro da bolha especulativa imobiliária e na Bolsa do fim da década de 80 no Japão.

Os investidores derrubaram os valores dos bancos japoneses em reação a um artigo do jornal Nikkei que afirmava que as três principais instituições bancárias do país - Mitsubishi UFJ Financial Group, Mizuho Financial Group e Sumitomo Mitsui Financial Group - pretendiam aumentar o capital.

Os bancos desmentiram a informação.

O índice geral da Bolsa de Valores de Xangai também fechou em baixa de 116,27 pontos (6,32%), aos 1. 723,35, uma das maiores quedas do ano.

O volume de negócios foi de 33,210 bilhões de iuanes (US$ 4,848 bilhões).

O índice geral de Xangai caiu este ano quase 66%, o pior comportamento de todos os mercados asiáticos neste ano.

A Bolsa de Hong Kong encerrou a sessão de segunda-feira em forte queda de 12,2%, em sintonia com as demais praças asiáticas. Esta foi a maior queda percentual em uma única sessão em Hong Kong desde 1991. O índice Hang Seng perdeu 1.602,54 pontos, a 11.015,84 unidades, o menor nível desde agosto de 2003.

Já o indicador Kospi da Bolsa de Valores de Seul subiu nesta segunda-feira 7,70 pontos (0,82%) e terminou aos 946,45. O índice de valores tecnológicos Kosdaq caiu 15,49 pontos (5,60 %), para 261,19.

A Bolsa de Valores de Manila suspendeu hoje as cotações depois que o indicador composto PSEI desabou mais do 10%, disse um comunicado do pregão da bolsa. As autoridades optaram por suspender as negociações para que os investidores tivessem tempo para digerir as perdas e tentar restabelecer a calma no mercado.

Europa

As principais Bolsas da Europas iniciaram a segunda-feira com perdas superiores ou próximas de 5%, seguindo a tendência dos mercados asiáticos. O índice Footsie-100 da Bolsa de Londres caía 5,62% apenas 15 minutos depois da abertura.

Na mesma sintonia, o índice CAC 40 de Paris cedia 5,12% e o Dax de Frankfurt abriu com baixa de 3,54%.

Madri e Milão registravam quedas de 6,47% e 4,03%, respectivamente.





Leia tudo sobre: bolsas asiáticas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG