Os mercados da Ásia tiveram uma tendência de queda nesta quarta-feira. Apesar da alta em Wall Street, as notícias negativas sobre indicadores econômicos vindas dos Estados Unidos não foram bem recebidas.

Fatores internos de cada país também pesaram no sentimento dos investidores, em particular nas Bolsas da China, que apresentaram forte recuperação. As preocupações sobre a piora nas previsões econômicas e as expectativas de um aumento na taxa de desemprego fizeram despencar as ações de imobiliárias, movimento que levou a Bolsa de Hong Kong a fechar em baixa. Com fraco volume de negociações, o índice Hang Seng perdeu 100,09 pontos, ou 0,8%, e terminou aos 12.815,80 pontos.

As ações de empresas de telecomunicações, petrolíferas e mineradoras de ouro lideraram os fortes ganhos nas Bolsas da China , revertendo as pesadas perdas da véspera. O índice Xangai Composto avançou 6,1% e encerrou aos 2.017,47 pontos. Já o Shenzhen Composto ganhou 6,2% e fechou aos 557,31 pontos. Yuan - O yuan permaneceu perto de sua recente margem de transação ante o dólar, terminando o dia estável, a despeito da ligeira alta da paridade central dólar-yuan. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8285 yuans, de 6,8284 yuans do fechamento de terça-feira.

Já a Bolsa de Taipé , em Taiwan, voltou a fechar no menor nível em cinco anos e meio, influenciada pelas chamadas de margem e as fracas expectativas de rendimentos das empresas no fim do ano. Com moderado volume de negociações, o índice Taiwan Weighted caiu 0,5% e encerrou aos 4.284,09 pontos. Na Bolsa de Seul , na Coréia do Sul, as perdas foram lideradas pelas ações das refinarias, em meio às preocupações sobre a valorização do dólar diante do won e sobre a desaceleração econômica global. O índice Kospi fechou o pregão em queda de 1,9%, aos 1.016,82 pontos. Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney recuou 0,7% e fechou aos 3.499,6 pontos. O índice PSE Composto da Bolsa de Manila , nas Filipinas, teve alta de 1,9% e fechou aos 1.908,18 pontos, depois de ter caído 5,5% nas duas sessões anteriores.

O índice Strait Times da Bolsa de Cingapura caiu 1,70% e fechou aos 1.663,94 pontos. Na Tailândia, às 7h15 (de Brasília), o índice SET da Bolsa de Bangcoc caía 1,62% e estava aos 413,18 pontos. O índice composto da Bolsa de Jacarta , na Indonésia, recuou 0,8% e fechou aos 1.180,36 pontos. Na Malásia, o índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur cedeu 0,6% e fechou aos 877,65 pontos. As informações são da Dow Jones

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.