Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas asiáticas fecham em alta, impulsionadas por notícias de fusões

SÃO PAULO - Com a notícia de que a China se tornou a 3ª maior economia do mundo, a quarta-feira foi marcada pelo clima positivo dos mercados da região asiática. As bolsas da Ásia fecharam em alta, impulsionadas principalmente pelos setores de tecnologia e financeiro.

Valor Online |

A economia chinesa apresentou expansão de 13% em 2007, na comparação com o ano anterior. Os dados são da agência oficial de notícias do país e foram revisados acima do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,9% originalmente estimados. Este resultado fez com que o país ultrapassasse a Alemanha, alcançando assim o posto de 3ª maior economia do mundo.

Outra notícia que agitou os investidores da região foi a possível aquisição da Fujitsu pela gigante japonesa Toshiba. O acordo custaria de 30 a 40 bilhões de ienes (US$ 333 a US$ 444 milhões). Depois da novidade, as ações da Fujitsu subiram 5,3% e as da Toshiba tiveram alta de 6%.

Ainda no setor tecnológico, a Sony teve ganhos de 4,5% depois que a Merrill Lynch aumentou seu preço-alvo, afirmando que os planos de cortes de custos - incluindo a demissão de trabalhadores - pode aumentar sua lucratividade. Essa notícia superou a de que a Sony deve divulgar seu primeiro prejuízo operacional em 14 anos, com perdas de cerca de US$ 1,12 bilhões no ano terminado em março.

Na área financeira, o Bank of China, o terceiro maior banco chinês, afirmou que o britânico Royal Bank of Scotland conseguiu vender as 10,8 bilhões de ações que detinha do chinês, ao preço de US$ 0,22 por ação. Com isso, as ações do Bank of China subiram 2,7%.

Ainda na China, o banco Pudong Bank apresentou alta ainda mais significativa, com ganhos de 8,1%, embalado pela expectativa de que o Banco Central do país reduzirá as taxas de juros pela sexta vez, desde setembro.

O índice Nikkei fechou em alta de 0,29%, aos 8.438,45 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng fechou no campo positivo, com ganho de 0,27%, aos 13.704,61 pontos. Na China, o Shanghai Composite fechou o pregão com avanço de 3,52% aos 1.928,87 pontos. O Kospi, da Coréia do Sul, teve alta de 1,28%, e encerrou as operações aos 1.182,68 pontos.

(Vanessa Dezem | Valor Online com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG