Em um mercado indeciso devido às dúvidas dos investidores sobre o plano de resgate americano, embora alguns valores japoneses tenham subido graças à compra de ativos de Wall Street, as bolsas asiáticas reairam com prudência. No Brasil, o dólar abriu em alta de 0,66%, cotado a R$ 1,841.

Acordo Ortográfico O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio fechou a sessão nesta quarta-feira em tímida alta de 0,20%. A forte alta das ações do Nomura Holdings, Mitsubishi UFJ Financial Group e Sumitomo Mitsui Financial Group animou o mercado japonês.

O primeiro comprou as atividades do Lehman Brothers na Ásia e Europa, e o segungo negocia a compra de até 20% do Morgan Stanley. O terceiro pretende investir fortemente no Goldman Sachs.

A Bolsa de Xangai progrediu 0,70% e Hong Kong registrou alta de 0,47%. Sydney fechou ganhando 1,19%, Seul registro +0,99% e Manila +0,97%.

As principais bolsas europeias, por sua vez, abriram com leve alta, quando, na véspera, registraram perdas pelas dúvidas em relação ao plano para resgatar os mercados financeiros nos Estados Unidos.

O índice FTSE 100 de Londres ganhava 0,26% nas primeiras operações, enquanto que o CAC-40 de Paris registrava + 0,50% e o Dax de Frankfurt +0,05%.

Serviço 

Mais notícias

Para saber mais

Opinião

Leia mais sobre Bolsas asiáticas e europeias

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.