A Bolsa brasileira, que abriu em baixa nesta terça-feira seguindo o humor global, encontrou fôlego com Petrobras e empresas do setor siderúrgico para firmar-se no campo positivo no final da manhã. Às 11h47, o índice avançava 0,47%, aos 71.

A Bolsa brasileira, que abriu em baixa nesta terça-feira seguindo o humor global, encontrou fôlego com Petrobras e empresas do setor siderúrgico para firmar-se no campo positivo no final da manhã. Às 11h47, o índice avançava 0,47%, aos 71.622 pontos, após ter batido na pontuação mínima de 70.823 pontos (-0,65%). O volume é de R$ 1,74 bilhão e projeção de R$ 7,02 bilhões para o fechamento. No mesmo momento, Dow Jones apresentava perdas 0,21% e S&P 500 caía 0,11% em Nova York. As dúvidas que ainda pairam sobre o acordo de ajuda fechado pela Grécia com a União Europeia acendeu a luz amarela em relação ao país europeu e trouxe cautela aos investidores, explica o superintendente da Banif Corretora, Raffi Dokuzian. Segundo ele, a preocupação com a Grécia leva os investidores a questionar também a situação de outros países da União Europeia. O analista de investimentos da SLW, Pedro Galdi, destaca que as ações do setor siderúrgico continuam sustentando o principal índice da bolsa paulista, apesar da cautela generalizada dos investidores. "Na ausência de notícias setoriais, o que devemos ver hoje é a valorização dos papéis que estavam atrasados, como Gerdau Metalúrgica e realização dos que avançaram muito", avalia. Entre as siderúrgicas, Gerdau PN avançava 2,24% e Gerdau Metalúrgica PN subia 2,54%, esta entre as maiores altas do Ibovespa. CSN avançava 0,16% e Usiminas PNA caía 0,76%. Também revezavam-se na lista de maiores altas do índice TAM (+3,40%), Duratex (+3,08%), Telemar ON (+2,99%) e PN (+2,47%) e Klabin (+2,43%). Há instantes Petrobras registrava alta de 0,78% nas PN e de 0,74% nas ON em dia de manutenção dos preços do petróleo acima dos US$ 86,00 o barril. Ontem a empresa informou que encerrou março com volumes recordes de exportação. A empresa exportou 22,7 milhões de barris no terceiro mês do ano. A OGX avançava 0,76%. Vale PNA avançava 0,48% e a ação ON tinha ganhos de 0,57%. A empresa pediu hoje à Comissão Europeia que investigue as siderúrgicas do continente por prática de concorrência desleal. No pedido, a mineradora brasileira acusa as siderúrgicas europeias de agir de maneira orquestrada e ilegal nas negociações para reajuste do preço internacional do minério de ferro. Na China novas regras para importação de minério de ferro estão sendo adotadas para reverter a posição desvantajosa do país nas negociações sobre o preço do insumo, segundo o jornal Economic Information Daily. Uma das novas regras dará licença de importações apenas para companhias com capital acima de 50 milhões de yuans (US$ 7,3 milhões) e embarques de mais de 1 milhão de toneladas de minério de ferro no ano passado. Eletrobras PNB avançava 0,19% e ON recuava 0,65% após declarações do secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, de que o governo vai fazer ainda este ano a capitalização da empresa. Segundo Augustin, este será o segundo passo na direção do saneamento da empresa, depois que o governo decidiu pagar aos acionistas dividendos que estavam atrasados há até 30 anos. Na lista de maiores baixas figuravam Gol (-2,27%), PDG (-1,38%), JBS (-1,11%), Cemig (-1%) e CCR (-0,82%).
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.