Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsa paulista terá dois índices de empresas por valor de mercado

SÃO PAULO - Dois novos índices de ações entrarão em operação no mercado brasileiro a partir de segunda-feira e devem atender a demanda dos investidores por novas referências, sobretudo de papéis de empresas de menor valor de mercado. Estes são os primeiros produtos lançados pela BM & FBovespa após a fusão das bolsas e, segundo executivos da bolsa paulista, devem se transformar em referência para fundos e investidores.

Valor Online |

O Small Cap (SMLL), classificado de vedete dos lançamentos pelo diretor-executivo de produtos da BM & FBovespa, Murilo Robotton Filho, é o índice formado por 71 ações de segmentos variados, com valor de mercado equivalente a cerca de 15% do total da Bovespa. Na atual configuração do indicador, por exemplo, a empresa de maior valor de mercado é a Renner, de R$ 3,6 bilhões e participação de 6,4% do índice, e a de menor valor é a Docas Inbituba (R$ 25 milhões, com participação de 0,04%)
O outro índice, chamado Midlarge Cap (MLCX), é composto por 69 papéis de 58 empresas, equivalentes a 85% da capitalização total da bolsa. A formação dessa carteira também tem como critérios a liquidez e a capitalização das ações em circulação das empresas escolhidas. A carteira tem mais similaridade com o Índice Bovespa (Ibovespa), com grande peso dos setores de commodities, como Vale e Petrobras.

Segundo Robotton, estudos mostraram a necessidade de criação dos índices, sobretudo do Small Cap, cuja rentabilidade deve passar a orientar os cerca de 28 fundos de investimento de caráter small que já existem no mercado.

O índice deve permitir ainda maior diversificação por parte de investidores individuais que desejam, por exemplo, buscar rentabilidade em papéis não atrelados a setores de commodities, cuja volatilidade é cada vez maior.

Isso é um grande atrativo para público, diz o executivo, lembrando que, em análise prévia, o Small Cap sofreu bem menos a recente correção de baixa que afetou o Ibovespa e o próprio MidLarge Cap.

Robotton acredita que além de ampliar o leque de estratégias de investimento, é possível que o sucesso do índice leve a lançamento de produtos derivativos, como um índice futuro dessa categoria, por exemplo. Era uma demanda antiga, mas de difícil formatação, diz.

(Bianca Ribeiro | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG