Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BOLSA EUA-No dia da posse de Obama, mercados desabam por bancos

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores norte-americanas deixaram para trás a posse do novo presidente, Barack Obama, e despencaram nesta terça-feira por novos sinais de que a crise está longe de terminar. Fortes expectativas por detalhes de como o novo governo vai combater a crescente crise dos bancos e a fraqueza sobre a economia foram frustradas após o discurso de posse de Obama concluir com um pouco mais de informação para se digerir.

Reuters |

A State Street Corp., maior empresa de serviços financeiros, preocupou investidores com o que é considerada uma das áreas mais seguras do setor bancário, ao dizer que teve prejuízo de 6,3 bilhões de dólares em sua carteira de investimentos e reduziu sua previsão. As ações da companhia despencaram 59 por cento.

"As ações desvalorizam por causa da tragédia que nunca acaba que se abateu sobre o setor bancário", disse Tom Sowanick, chefe de investimento da Clearbook Financial LLC, em Nova Jersey.

O índice Dow Jones desabou 4,01 por cento, para 7.949 pontos, e o Standard & Poor's 500 perdeu 5,28 por cento, a 805 pontos. O termômetro tecnológico Nasdaq despencou 5,78 por cento, a 1.440 pontos.

Desde que Obama venceu as eleições presidenciais em novembro, Wall Street tem apostado que o novo presidente dos EUA irá concretizar os planos para ajudar a estabilizar a enfraquecida economia e conter o crescimento do desemprego.

"Eu acredito que as expectativas eram começar com isso", disse Marc Pado, estrategista de mercado da Cantor Fitzgerald & Co, em São Francisco."Quando você tem esse tipo de expectativa, você vai acabar ficando desapontado."

O tom negativo para o setor financeiro foi definido pelo Royal Bank of Scotland, que registrou o maior prejuízo da história corporativa da Grã-Bretanha na segunda-feira, quando os mercados dos Estados Unidos estavam fechados pelo feriado de Martin Luther King.

(Reportagem de Chuck Mikolajczak)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG