O Ibovespa iniciou a segunda-feira com valorização, seguindo os passos das bolsas americanas. O movimento tem influência da divulgação de dados positivos sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos, na última sexta-feira e indicadores da área de serviços e imóveis divulgados hoje.

O Ibovespa iniciou a segunda-feira com valorização, seguindo os passos das bolsas americanas. O movimento tem influência da divulgação de dados positivos sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos, na última sexta-feira e indicadores da área de serviços e imóveis divulgados hoje. Duratex e siderúrgicas comandam a valorização. Às 1148hs, o índice avançava 0,52x%, aos 71.506 pontos, com volume de R$ 1,38 bilhão e projeção de R$ 5,47 bilhões para o fechamento. No mesmo momento, Dow Jones apresentava ganhos 0,52% e S&P 500 subia 0,76% em Nova York. Em dia de poucas notícias setoriais, o destaque fica por conta de Duratex ON, que lidera a lista de altas do Ibovespa com valorização de 3,49%. Para o analista Kleber Hernandez, da Spinelli Corretora, a redução do IPI para painéis de madeira é um driver positivo que ainda não tinha sido precificado pelo mercado em função do feriado de Páscoa na semana passada. "Além disso a empresa se beneficia do crescimento do setor de construção no Brasil", afirma. TAM (+2,28%), Telemar PN (+1,96%) e Sabesp (+1,83%) seguem o movimento. O crescimento da economia brasileira beneficia os papéis dessas empresas, avalia um operador. Empresas do setor de construção também voltam a registrar valorização Rossi (+1,54%) e Gafisa (+1,68%). Os dados positivos dos Estados Unidos ajudam a impulsionar o setor de commodities, que tem grande peso na bolsa brasileira. "As ações da Vale estão rompendo hoje a barreira dos R$ 50,00, o que é uma indicação positiva para o movimento de alta da bolsa hoje", avalia o economista da Legan Asset, Fausto Gouveia. Vale PNA sobe 0,30% e ON com alta de 0,33%. As siderúrgicas avançam com mais força por conta da expectativa de que o aumento do preço do minério de ferro será facilmente repassado pelo setor. Usiminas (+1,64%), Gerdau PN (+1,10%). A exceção fica por conta de CSN (-0,27%). O preço do petróleo seguem com valorização e há instantes avançavam mais de 1% para US$ 85,75 o barril. As ações da preferenciais da Petrobras sobem 0,59%, enquanto as ON têm valorização de 0,17%. OGX (+0,41%) acompanha o movimento de alta em dia de anúncio de novas descobertas de poços de hidrocarbonetos. Eletrobras ON (-1,35%) e PNB (-0,98%), além de Redecard (-1,13%) e TIM Participações (-0,85%) compunham a lista de maiores baixas do Ibovespa.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.