Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsa do México também é afetada por crise nos EUA e cai 6,40%

México, 29 set (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC), da Bolsa Mexicana de Valores (BMV), foi mais um a registrar perdas em função da crise financeira nos Estados Unidos e acabou em baixa de 6,40% (1.

EFE |

638,67 pontos) nesta segunda-feira, para 23.955,67 pontos.

Segundo fontes da Bolsa, esta queda no índice - a maior do ano - se deveu em função da recusa do Congresso dos EUA de permitir a implantação de um plano de resgate financeiro.

A segunda maior queda da bolsa neste ano foi em 21 de janeiro, quando houve baixa de 5,35%.

Foram negociadas 300 milhões de ações, com um giro financeiro de 6,716,3 bilhões de pesos (cerca de US$ 610 milhões). Foram negociados títulos de 76 empresas, com seis em alta, 68 em baixa e duas sem variação.

Entre as ações do IPC, tiveram forte queda as da siderúrgica Tenaris (22,71%), do consórcio mineiro e metalúrgico Grupo México (16,82%), e da construtora Sare (15,03%). EFE jrm/dp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG