SÃO PAULO - As bolsas da Ásia encerraram a sessão em sentidos opostos. Parte do mercado permanece temerosa com relação à Grécia.

O acerto entre autoridades da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI) quanto ao auxílio financeiro ao governo grego não acalmou os investidores. A percepção é de que, se o país não superar sua crise de dívida, a situação pode contaminar outras economias. Causa preocupação entre agentes o endividamento de outros países europeus, como Espanha e Portugal. O mercado em Tóquio não funcionou hoje, por conta do feriado. A bolsa de Seul também não abriu devido a um feriado. O Shanghai Composite, de Xangai, subiu 0,77%, aos 2.857 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng encerrou a sessão com retração de 2,10%, aos 20.327 pontos. Entre os destaques de queda desta sessão, estava a varejista Esprit Holdings, cujos papéis cederam cerca de 5%. A companhia possui operações na Europa e foi afetada pelo temor do mercado de que a crise da Grécia tenha reflexos na zona do euro. (Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.