O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio perdia 5,06% no final da manhã desta terça-feira, no momento da pausa, arrastada pela quebra do banco americano Lehman Brothers.

Acordo Ortográfico

Às 11H30 (23H30 Brasília), o índice Nikkei 225, que inclui os 225 papéis mais destacados, caía 618,67 pontos, a 11.596,09.

O índice ampliado Topix perdia 66,28 pontos (-5,63%), a 1.110,92 unidades.

As ações dos grandes bancos japoneses eram as mais castigadas, com Mizuho Financial Group, Mitsubishi UFJ Financial Group, Sumitomo Mitsui Financial Group e Resona Holdings perdendo mais de 10%, sem encontrar comprador.

O índice Kospi da Bolsa de Seul operava nos primeiros minutos da sessão de hoje em forte queda de 91,50 pontos (6,19%), para 1. 385,89, também arrastado pela falência do banco de investimentos americano Lehman Brothers e da venda da Merrill Lynch.

O indicador de valores tecnológicos Kosdaq também sofreu uma forte baixa de 32,03 pontos (6,85%), para 434,88.

Por causa da forte queda no começo do pregão, a Bolsa de Seul foi obrigada a paralisar por cinco minutos as operações de compra e venda de ações.

A Bolsa de Xangai estava em queda na manhã desta terça-feira, com o índice composto cedendo mais de 3%. O principal índice de Xangai chegou a cair abaixo da barreira psicológica dos 2 mil pontos, a 1981,29 unidades, durante a manhã, cedendo 4,7%, mas às 11H00 local reduzia as perdas e estava em 2015,74 pontos, perdendo 3,07%.

Leia também:

Leia mais sobre Bovespa - dólar



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.