Tamanho do texto

A Bolsa de Tóquio fechou em alta, atingindo a maior pontuação em 18 meses no primeiro dia de negociação do novo ano fiscal. O movimento foi impulsionado pelo sentimento positivo dos empresários, revelado pela pesquisa Tankan, bem como pelo enfraquecimento do iene.

A Bolsa de Tóquio fechou em alta, atingindo a maior pontuação em 18 meses no primeiro dia de negociação do novo ano fiscal. O movimento foi impulsionado pelo sentimento positivo dos empresários, revelado pela pesquisa Tankan, bem como pelo enfraquecimento do iene. O índice Nikkei 225 subiu 154,46 pontos, ou 1,4%, e fechou aos 11.244,40 pontos.<p><p>O cenário positivo determinou um bom começo para a Dai-ichi Life Insurance, que estreou na bolsa japonesa. Com grande procura, as ações da Dai-ichi foram negociadas a 160 mil ienes a unidade, valor bem acima dos 140 mil ienes fixados como preço da oferta inicial. Foi o maior IPO do Japão desde a estreia da NTT DoCoMo, em 1998. <p><p>A pesquisa Tankan do Banco do Japão (BOJ, banco central) mostrou que o sentimento empresarial japonês melhorou pelo quarto trimestre seguido, graças à forte demanda externa por produtos japoneses. O índice de sentimento Tankan para grandes empresários subiu de -25 na pesquisa de dezembro para -14 no último levantamento.<p><p>"Os dados não foram uma grande surpresa, porque sabíamos que o sentimento empresarial está se recuperando. Mas o índice deu ao mercado uma sensação de alívio" disse o analista Kenichi Hirano, da Tachibana Securities. Hirano disse que as expectativas de sólidos lucros corporativos no ano fiscal anterior podem elevar o Nikkei a 11.500 pontos nas próximas semanas. <i>As informações são da Dow Jones</i>
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.