A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) até ensaiou uma recuperação no início da sessão desta quinta-feira, começando os negócios com leve alta, mas em seguida inverteu a trajetória e despencou. Caía 3,89% por volta das 15h20, aos 51.4467 pontos.

A Bovespa reage às perdas das Bolsas de Nova York, que recuam mais de 2%, a divulgação de dados do emprego norte-americano e à baixa dos preços do petróleo no mercado internacional.

Dólar

Já o dólar, depois de fechar ontem em seu maior valor desde 9 de maio, cotado a R$ 1,678, continuou a disparar: valorizava-se 2,44% por volta das 15h20, negociado a R$ 1,719.

A valorização do dólar ontem foi a quinta consecutiva da moeda norte-americana, com os investidores se protegendo nos mercados derivativos em função do derretimento dos preços das commodities. Nas três primeiras sessões de setembro, a divisa já acumulava alta de 2,82%.

Leia também:

Leia mais sobre dólar  e sobre a Bovespa

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.