São Paulo, 4 ago (EFE).- O índice Ibovespa da Bolsa de Valores de São Paulo, iniciou a semana em baixa de 0,55%, para 57.

311 pontos, influenciado pelo efeito que uma nova escalada dos preços do petróleo pode ter na inflação mundial.

A Bolsa de São Paulo, como as da Ásia e as da Europa, reagiu com pessimismo ao novo aumento dos preços do petróleo diante da possibilidade de que possa pressionar a inflação e agravar a situação em economias em crise como a dos Estados Unidos.

O Ibovespa operava aos cinco minutos com 319 pontos abaixo dos 57.630 com os quais fechou na última sexta, quando já tinha experimentado uma baixa de 3,15% por causa de turbulências externas.

Assim, o volume financeiro após 15 minutos de negócios era de R$ 108,3 milhões, após a realização de 9.154 negócios.

Além disso, as ações do índice Ibovespa que mais desciam hoje neste mesmo momento eram as ordinárias da Usiminas (2,19%), as preferenciais da Gerdau (2,02%) e as ordinárias da Cyrela (1,59%).

Já as maiores altas eram dos papéis preferenciais da NET (2,17%) e dos preferenciais da Braskem (1,42%).

No mercado cambial, o dólar abriu em alta de 0,38%, sendo vendido por R$ 1,565, em comparação ao R$ 1,559 com o qual fechou na sexta.

EFE cm/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.