Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsa de NY tem forte baixa após indicadores fracos

Os principais índices do mercado norte-americano de ações seguem em baixa acentuada, com o índice Dow Jones acelerando as perdas para ao redor dos 280 pontos. Segundo operadores e analistas, o fraco indicador de vendas de imóveis residenciais usados de junho, o imenso prejuízo da Ford e a preocupante elevação dos pedidos de auxílio-desemprego colocaram um fim ao recente movimento de alta das ações do setor de consumo e financeiro.

Agência Estado |

"Os pedidos de auxílio-desemprego subiram e o setor de moradia continua a cair. Não foram boas notícias para a economia e trouxeram o medo de volta", disse Kevin Giddis, diretor-gerente do Morgan Keegan & Co. As notícias econômicas "proporcionaram um cenário para a liquidação", disse Paul Nolte, diretor de investimentos da Hinsdale Associates.

Pela primeira vez desde os anos 1970, os preços do petróleo e das commodities estão perto de níveis recordes ao mesmo tempo que a economia está em recessão. Os consumidores não conseguem pagar suas dívidas ou ir às compras, pressionando as ações de bancos, companhias de varejo, montadoras e companhias aéreas que dependem da atividade de consumo.

Às 17h01 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 2,40%, o Nasdaq recuava 1,97% e o S&P-500 registrava uma queda de 2,29% - dados preliminares do fechamento do pregão regular.

A Bolsa de Valores de São Paulo também intensificou as perdas no final do pregão, acompanhando a queda em Nova York. Às 17h06, o Ibovespa registrava perda de 3,31% a 57.453 pontos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG