O mercado norte-americano de ações opera em queda, depois de a montadora japonesa Toyota advertir que deverá ter prejuízo operacional no atual ano fiscal (que termina em 31 de março de 2009), pela primeira vez na história. Às 13h35, as ações da General Motors caíam 13,59%, em reação a comentários de analistas para quem o pacote de socorro financeiro anunciado na semana passada poderá não ser suficiente para impedir a falência da empresa.

Outro fator de incerteza é o fato de a GM estar em negociações com o sindicato dos metalúrgicos UAW, que fez ressalvas ao pacote de ajuda à empresa anunciado pelo governo.

Às 14h39 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,82%, para 8.508 pontos; o Nasdaq recuava 1,98%, para 1.533 pontos, e o S&P-500 perdia 1,67%, para 873 pontos. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.