As bolsas de valores nova-iorquinas aprofundaram as perdas nesta tarde e arrastaram o mercado acionário brasileiro, que passou para o terreno negativo. Às 14h47, o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, cedia 1,01%, aos 58.767 pontos, seu pior desempenho no dia até então.

Enquanto isso, nos Estados Unidos, o índice Dow Jones recuava 1%, o Nasdaq perdia 0,98% e o S&P-500 caía 1,37%.

Com as perdas de hoje, o Ibovespa acumula agora queda de 8% neste ano e de quase 16% apenas nos cinco pregões desde o início de julho (incluindo o desta segunda-feira).

A piora desta tarde se deu com a fuga de investidores estrangeiros, que em momentos de cautela buscam a segurança dos títulos do Tesouro americano. Os papéis brasileiros preferidos pelos estrangeiros se deterioraram nesta tarde: Petrobras PN e Petrobras ON, que por volta das 13 horas registravam alta, inverteram o sinal e caíam 2,08% e 1,90%, respectivamente, perto das 15 horas; Vale PNA e Vale ON, que antes subiam mais de 1%, ganhavam depois apenas 0,46% e 0,06%.

Dólar

Por aqui, a formação da taxa de câmbio segue descolada da instabilidade externa, com a moeda norte-americana perdendo valor ante o real. Por volta das 15h05, a divisa era negociada a R$ 1,603 na venda, baixa de 0,31%.

Leia também:

Leia mais sobre  Bovespa - dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.