Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsa de NY opera em queda; Europa fecha no negativo

A Bolsa de Nova York abriu em baixa nesta quarta-feira, em um mercado inquieto pelas perspectivas econômicas, depois e uma diretora do Federal Reserve afirmou que os EUA parecem estar em recessão. Por volta de 13h05, o Dow Jones perdia 3,17% e o Nasdaq caía 3,04%.

Redação com agências |

 

Acordo Ortográfico As principais Bolsas europeias fecharam em queda, dando sequência ao pessimismo registrado nas Bolsas asiáticas nesta quarta-feira e ampliaram as perdas após a divulgação de índices preocupantes da economia norte-americana.

O índice Dax de Frankfurt perdeu nesta quarta-feira 6,49% no fechamento. Londres despencou 7,16%, com o índice Footsie a 4.079,59 pontos.

O CAC 40 de Paris teve uma perda de 6,82% a 3.381,07 pontos. O índice Ibex-35 de Madri retrocedeu 5,06%, a 9.706,80 pontos.

Ásia

A maioria das bolsas asiáticas fechou em baixa. Muitos agentes aproveitaram para embolsar os ganhos recentes. Prevaleceram as preocupações com a possibilidade de os esforços para restabelecer a confiança no sistema financeiro não serem suficientes para evitar uma eventual recessão.

Os investidores também deram sinais de inquietação com o impacto da crise financeira nos balanços corporativos. A paridade do dólar/iene foi outro elemento que mereceu acompanhamento.

O Hang Seng, de Hong Kong, diminuiu 4,96%, aos 15.998,30 pontos. Em Seul, o Kospi perdeu 2%, somando 1.340,28 pontos. O Shanghai Composite, de Xangai, ficou em 1.994,67 pontos, com decréscimo de 1,12%. Na contramão, em Tóquio, o Nikkei 225 aumentou 1,06%, somando 9.547,47 pontos.

Com informações do Valor Online e AFP

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre crise financeira

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG