Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsa de NY opera em alta, mas sessão segue volátil

O mercado de ações norte-americano segue preso em movimentos voláteis, com os três principais índices virando em alta no meio da tarde, enquanto os investidores aguardam novos arranjos para o setor bancário. Contudo, o Dow Jones não conseguiu se sustentar em território positivo e voltou a cair, embora permaneça bem acima das mínimas do dia.

Agência Estado |

Às 18h32 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 83 pontos, ou 1,03%, o Nasdaq subia 8 pontos, ou 0,55%, e o S&P-500 registrava um ganho de 0,29 ponto, ou 0,04%.

Analistas disseram que o mercado de ações está preso em um limbo desde o final de novembro, enquanto os operadores esperam pelo plano do Departamento do Tesouro para dar suporte ao sistema financeiro.

O índice Dow Jones acumula uma queda ao redor de 8% no mês até agora, um sinal preocupante para os operadores, que frequentemente olham para o desempenho de janeiro em busca de indicações sobre como pode ser o ano. Muitos participantes do mercado estão temerosos de que a recente liquidação ganhe impulso se o mercado furar as mínimas anteriores, estabelecidas quando se imaginava ser o auge da crise de crédito de Wall Street.

O nível dos 8 mil pontos para o Dow Jones e os 800 pontos para o S&P-500 têm sido os sinais de compra favoritos dos operadores de curto prazo. O Dow Jones chegou a escorregar para 7.909 na mínima do dia e o S&P-500 tocou nos 805 pontos. "As pessoas tentam comprar ao redor destas áreas", disse Lorenzo Di Mattia, administrador do fundo hedge Sibilla Global Fund. Referindo-se ao mercado deprimido de mais cedo, ele acrescentou: "É o velho piso de 2002 e uma área onde existe o suporte de outubro", quando o mercado estava caindo na sequência do colapso do Lehman Brothers.

Entre as componentes do Dow Jones, as ações da General Electric despencam 11,13%, depois de ter anunciado resultados em linha com o esperado no quarto trimestre, com os investidores olhando com preocupação o seu sistema financeiro.

Por outro lado, as ações do JPMorgan avançam 3,38%. Segundo Di Mattia, o banco está se beneficiando da informação de que seu executivo-chefe Jamie Dimon comprou recentemente US$ 11 milhões em ações do banco. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG