O mercado norte-americano de ações fechou com os principais índices em queda, em dia marcado pela volatilidade. O índice S&P-500 fechou no nível mais baixo desde 21 de julho de 2006 e chegou ao fim do dia 19,99% abaixo de seu pico recente de fechamento (1.

565,15 pontos, em 9 de outubro do ano passado); ficando a um passo da situação de "bear market" (mercado em tendência de queda, assinalado por uma baixa de 20% em relação à máxima recente de fechamento), situação em que o Dow Jones e o Nasdaq já estão.

A virada dos índices para baixo, depois de iniciarem o dia em alta, foi atribuída à intensificação dos temores quanto à saúde das agências semigovernamentais de crédito imobiliário Fannie Mae e Freddie Mac. No começo da tarde, os analistas do banco Lehman Brothers divulgaram nota dizendo que as duas agências precisarão ampliar seu capital em até US$ 75 bilhões, porque as novas normas contábeis exigem que elas lancem seus ativos hipotecários nos balanços. As ações da Fannie Mae caíram 16,19% e as da Freddie Mac recuaram 17,86%.

As ações do Lehman Brothers caíram 8,80%, depois de a empresa de cotações Platts colocar o banco de investimentos em revisão temporária, o que o exclui de operações com determinados contratos de energia. Também no setor financeiro, as ações do Bank of America caíram 3,88%, depois de os analistas da RBS Greenwich Capital dizerem que a instituição poderá ter que vender ativos depois de absorver a Countrywide Financial.

Entre as componentes do Dow Jones, as ações que sofreram a maior queda foram as da Merck (-4,81%), após rebaixamento de recomendação pelo banco UBS. As ações da GM subiram 1,19%, depois de o Wall Street Journal dizer que a empresa deverá anunciar mais demissões e fechamentos de fábricas. As ações do setor de aço subiram, depois de os analistas do Goldman Sachs preverem que a demanda mundial pelo metal deverá continuar alta (Nucor, fora da cesta Dow Jones, ganhou 5,64%). No setor de tecnologia, as ações da Yahoo! subiram 11,99%, em reação a informes de que a Microsoft poderá renovar sua oferta pela companhia, caso o investidor Carl Icahn seja bem sucedido em sua tentativa de substituir a diretoria da Yahoo!.

O índice Dow Jones fechou em queda de 0,50%, em 11.231,96 pontos. O Nasdaq fechou em baixa de 0,09%, em 2.243,32 pontos. O S&P-500 caiu 0,84%, para 1.252,31 pontos. O NYSE Composite recuou 0,96%, para 8.400,21 pontos. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.