O mercado de ações norte-americano caminha para um fechamento positivo, embora modesto, com o acentuado declínio dos preços do petróleo oferecendo suporte às empresas do setor de consumo. Também contribui para a melhora do mercado a recuperação das ações do setor financeiro, apesar dos lucros abaixo do esperado anunciados pelo Wachovia, American Express, Fifth Third e KeyCorp.

Os contratos futuros de petróleo devolveram todos os ganhos do dia anterior diante da crescente avaliação de que a tempestade tropical Dolly provavelmente não vai afetar a produção de petróleo no Golfo do México. Na Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos futuros de petróleo para agosto caíram US$ 3,09, ou 2,36%, e fecharam a US$ 127,95 por barril. O recuo dos preços do petróleo deu suporte às ações de empresas do setor de consumo, como a gigante General Motors que, no fim da tarde, subiam 3,82%.

Contudo, poucos estão prontos para declarar que a bolha das matérias-primas (commodities) foi oficialmente furada e observaram que o vigor permanece para várias ações de empresas de perfuração e serviços de energia, considerando que a demanda global por petróleo está longe de diminuir. "O resultado é que estamos em um mundo que consome mais petróleo do que produzimos. Você pode ver uma desaceleração nos EUA, mas qualquer desaceleração será absorvida por outros países", disse o presidente da Hodges Capital Management, Craig Hodges.

Os robustos lucros divulgados por Caterpillar e DuPont ajudam a dar suporte ao mercado. No fim da tarde, as ações da Caterpillar avançavam 1,90% e as da DuPont registravam um ganho de 2,22%. Contudo, os ganhos do mercado são limitados pela fraqueza das ações de empresas como Apple e American Express, que recuam 4,73% e 9,14%, respectivamente, depois de terem anunciado projeções consideradas frustrantes pelo mercado.

Entre as financeiras, as ações do Wachovia reverteram as perdas iniciais registradas em reação ao prejuízo de US$ 8,7 bilhões no segundo trimestre e, nesta tarde, avançavam 23,05%. Alguns analistas creditaram a recuperação das ações do Wachovia a ausência de um anúncio de elevação de capital.

Às 16h31 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,52%, o Nasdaq avançava 0,34% e o S&P-500 registrava um ganho de 0,61%. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.