Lisboa, 28 abr (EFE).- A Bolsa de Lisboa caiu hoje 6,19%, nas duas primeiras horas e meia de pregão, pressionada pelo setor bancário e após o rebaixamento da classificação da dívida portuguesa de "A+" para "A-" anunciada ontem pela agência de classificação Standard & Poor's.

Lisboa, 28 abr (EFE).- A Bolsa de Lisboa caiu hoje 6,19%, nas duas primeiras horas e meia de pregão, pressionada pelo setor bancário e após o rebaixamento da classificação da dívida portuguesa de "A+" para "A-" anunciada ontem pela agência de classificação Standard & Poor's. O principal índice da Bolsa de Lisboa, o PSI-20, chegou aos 6.709,39 pontos no dia em que o primeiro-ministro socialista, José Sócrates, e o líder da oposição portuguesa, Pedro Passos Coelho, terão uma reunião urgente para debater as medidas com as quais Portugal deve combater o ataque dos mercados financeiros. Do total de 20 valores que cotam neste índice, 15 desciam mais de 5% e todos se encontravam em território negativo. Em só duas sessões, o valor dos títulos das 20 companhias que cotam no PSI-20 se reduziu em mais de 6 bilhões de euros. EFE prl/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.