Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsa da Xangai recua mais de 2% no fim dos negócios; Tóquio tem alta

SÃO PAULO - Alguns investidores aproveitaram a terça-feira para embolsar lucros recentes e muitas praças acionárias da Ásia fecharam em baixa. No Japão, contudo, o mercado inverteu de mão e encerrou com valorização diante de projeções mais animadoras de algumas empresas.

Valor Online |

SÃO PAULO - Alguns investidores aproveitaram a terça-feira para embolsar lucros recentes e muitas praças acionárias da Ásia fecharam em baixa. No Japão, contudo, o mercado inverteu de mão e encerrou com valorização diante de projeções mais animadoras de algumas empresas. Assim, em Tóquio, o Nikkei 225 avançou 0,42%, para 11.212,66 pontos. Em Hong Kong, no entanto, o Hang Seng, teve queda de 1,51%, para 21.261,79 pontos. O Kospi, de Seul, caiu 0,15%, ficando em 1.749,55 pontos. O Shanghai Composite, de Xangai, somou 2.907,93 pontos, com recuo de 2,07%, puxado pelo movimento das ações relacionadas ao setor imobiliário, financeiro e de energia. Foi o menor nível de fechamento em seis meses. Atraiu, novamente, as atenções dos agentes o caso da Grécia. Ontem, em Nova York, o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, disse estar confiante de que o acordo formulado pelos líderes europeus e o Fundo Monetário Internacional (FMI) deve ajudar a Grécia a sair da crise da dívida. Notou, contudo, que a situação dos bancos gregos continua difícil e que existe a possibilidade de piora. (Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG