Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsa aprofunda perdas com mudança de sinal em NY

Após uma manhã volátil, na qual o índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) oscilou entre os terrenos positivo e negativo, a Bolsa paulista cedeu à pressão dos mercados em Nova York esta tarde e opera em queda superior a 2%. Enquanto pela manhã o mercado doméstico era influenciado pelo vencimento de opções sobre ações, as atenções dos investidores agora voltaram-se para o sinal de alerta acesso pelos investidores com a denúncia de fraude bilionária ocorrida nos Estados Unidos devido aos receios sobre a exposição dos bancos no esquema de pirâmide financeira.

Agência Estado |

Por volta das 16h20 (de Brasília), o Ibovespa caía 2,11%, a 38.542 pontos, após ceder 2,47, na mínima, e subir 0,92%, na máxima. O volume financeiro registrado até o momento é de R$ 4,3 bilhões. No mesmo horário, nos Estados Unidos, o índice Dow Jones caía 1,37%, o Nasdaq 100 recuava 2,5% e o S&P 500 tinha queda de 1,79%.

A Bovespa informou esta tarde que o exercício de contratos de opções sobre ações movimentou hoje R$ 1,547 bilhão. As ações preferenciais (PN) da Petrobras a R$ 20,00 registraram o maior volume de exercício, com R$ 177,66 milhões em opções de compra.

Nos EUA, na última sexta-feira (dia 12), o ex-presidente da Bolsa eletrônica Nasdaq Bernard Madoff, um nome forte em Wall Street durante quase 50 anos, foi preso por agentes federais, acusado de fraude de US$ 50 bilhões pelo órgão regulador do
mercado mobiliário nos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG