Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsa abre em alta, à espera dados de petróleo nos EUA

A quarta-feira começa sinalizando mais um dia positivo para a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), com o mercado acionário no exterior operando de lado e as matérias-primas (commodities) ensaiando recuperação. Às 10h05 (de Brasília), o índice Bovespa subia 1,25%, a 57.

Agência Estado |

174 pontos, na máxima do dia até o momento.

Hoje, as atenções se concentram, principalmente, no petróleo. Após ter cedido nos últimos dias - sendo cotado abaixo de US$ 120,00 o barril tanto em Londres quanto em Nova York - ante os sinais de queda da demanda global, pela matéria-prima (commodity), os dados sobre os estoques semanais de petróleo nos Estados Unidos, que saem no meio da manhã, devem definir a direção do dia nos mercados hoje.

Os metais básicos se recuperam, mas com volume reduzido de negócios em Londres. "O que estamos vendo é um movimento técnico, ao mesmo tempo em que o mercado ainda olha para o petróleo e para as moedas em busca de direção", disse uma fonte.

Balanços

A Bovespa opera hoje na expectativa da divulgação, após o fechamento, do balanço do segundo trimestre da Vale e do fechado do primeiro semestre deste ano. Com o reajuste de até 71% nos preços do minério de ferro, a previsão dos analistas é de que a mineradora colecione novos recordes nos resultados financeiros do período. A média das projeções aponta para um lucro de US$ 4,776 bilhões entre abril e junho de 2008, superior em 16,63% ao registrado no mesmo período do ano passado. O número toma como base análises feitas pelo Merrill Lynch, Goldman Sachs, UBS Pactual e BES Securities, seguindo o padrão contábil americano (US GAP).

O setor de siderurgia também está sob os holofotes. Pela manhã, a Gerdau anunciou que obteve um lucro líquido de R$ 2,123 bilhões no segundo trimestre de 2008, o que representa um aumento de 85,41% em relação ao mesmo período do ano passado. O lucro líquido da Gerdau Metalúrgica atingiu R$ 657,1 milhões, equivalente a R$ 1,62 por ação.

Também pela manhã, a petroquímica Braskem anunciou lucro líquido de R$ 383 milhões, o que representa um crescimento de 36% ante igual período de 2007.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG